fbpx

Verdade, A Solução Definitiva

Expondo As Ações de Iscariotes

O Brasil foi polarizado e, independente de quem for eleito, a agenda do anticristo vai continuar avançando.
Em tempo de eleições e debates em torno das qualidades e defeitos dos possíveis futuros líderes, creio ser fundamental destacar que o mais perfeito e incomparável mestre que já existiu foi Jesus Cristo, que ensinava a Verdade e não se furtava de expulsar candidatos e alunos renitentes: se dentre os doze que conviveram e aprenderam diariamente com Ele ainda foi possível o surgimento de um Iscariotes, não se deve estranhar que as atuais empresas eclesiásticas estejam produzindo “cristãos” capazes de deturpar o Evangelho de forma exponencialmente mais sórdida.

Dezessete anos atrás vi e comecei a relatar como as empresas eclesiásticas foram invadidas por danças, propósitos, retetés, marchas, profecias extrabíblicas, pastoras, autoajuda, manipulação emocional, uma indústria que amontoa “louvores” sem nada a acrescentar a não ser dinheiro em seus próprios bolsos… a apostasia simplesmente entrou, se consolidou e não tem mais volta: empresa eclesiástica deixou de ser sinônimo para Igreja!
Agora parece que despertaram para reconhecer a proximidade do princípio das dores, mas isso de pouco valerá se persistirem praticando as mesmas patetices inúteis e abominações teológicas através das quais até agora vêm blasfemando o caminho da Verdade.

De fato, é um grande erro querer misturar administração política com religião… especialmente o cristianismo: enquanto os crentes torcem as Escrituras para torná-las em promessas nunca realizadas de forma genérica ou, pior que isso, criam expectativas messiânicas em torno de criaturas humanas; os adversários, no ápice se sua imbecil genialidade e cansados de tanta movimentação religiosa espasmódica e estéril, decidiram que chegou o tempo de mandar às favas os milenares princípios judaico-cristãos e usar de todos os enganos da injustiça para tentar eleger um escancarado emissário do inferno cujo discurso como candidato já revela o destino catastrófico que, caso vitorioso, ordenará sobre o país…

Longe de me unir a tais energúmenos, infelizmente (e sem um pingo de fé numa “democracia” que impõe multa sobre quem não vota) vou acabar optando por prolongar o mandato do agente que está implantando a nova ordem mundial com suavidade, tendo criado a lei que deu poderes a qualquer tiranete municipal para obrigar injeções de experimento genético e depois, discursando no exterior, disse que houve “vacinação voluntária”!
Sim, estamos mal servidos, mas se é pra cair no inferno, que ao menos não seja em queda livre.

NOS PASSOS DE JUDAS

Maria pegou uma libra de bálsamo de nardo puro, um óleo perfumado muito caro, ungiu os pés de Jesus e os enxugou com seus cabelos.
E a casa encheu-se com a fragrância daquele bálsamo.
Mas um de seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, que mais tarde iria traí-lo, objetou:
“Por que este bálsamo perfumado não foi vendido por trezentos denários e dado aos pobres?”
Ele não disse isso por se importar com os pobres, mas porque era ladrão;
sendo responsável pela bolsa de dinheiro, frequentemente tirava o que nela era depositado.
Mas Jesus respondeu:
“Deixa-a em paz; pois para o dia da minha sepultura foi que ela guardou isso.
Quanto aos pobres, vós sempre os tereis convosco, mas a mim vós nem sempre tereis.”

(João 12:3-8 – KJA)

Li essa passagem uma boa dúzia de vezes e passei alguns dias refletindo sobre suas revelações e creio ser oportuno compartilhar o entendimento que tive.
Em primeiro lugar temos Judas querendo tornar miserável o momento afetivo do próprio Jesus Cristo e, usando pobres como argumento, ainda aparecer como mais virtuoso que Ele!
E não é exatamente esse o comportamento e o núcleo dos argumentos das doutrinas vermelhas?!?
Alegam que obliterar referência a dia dos pais ou das mães nas escolas infantis é um meio de evitar exclusão quando, na realidade, acaba sendo apenas uma sórdida manobra para forçar a normalização das ideologias LGBT.
Exatamente como Judas, criticam os frutos do provento alheio alegando que poderia ser utilizado para “acabar com a pobreza” enquanto muitos deles, e particularmente os líderes da ideologia, sequer se preocupam em disfarçar a ostentação que cerca suas vidas!

O fato é que, ainda no jardim do Éden e antes mesmo que se imaginasse o conceito de Capital, a ideologia socialista foi o veneno que levou à queda do ser humano e a entrada do pecado no mundo, trazendo junto (as constantemente citadas) morte e doença… e a pobreza também!
Tendo a ressurreição de Cristo como fundamento da fé cristã, sua vitória não foi apenas sobre a morte, mas sobre todas essas desgraças decorrentes do pecado e apenas os que verdadeiramente creem n’Ele terão pleno acesso, no tempo certo, a tamanho benefício.

AMBIDESTRAS MENTIRAS DE CAMPANHA

Meus leitores sabem que eventualmente uso a matemática para permitir a melhor compreensão dos conceitos que quero apresentar e hoje, mesmo não sabendo como implementar um gráfico do que pretendo expor, será uma dessas ocasiões:
Sabendo que todo o mal decorrente do pecado é “infinito” até o retorno de Cristo, certos discursos que soam tão belamente nos comícios estão profeticamente fadados ao fracasso, pois a tentativa de igualar as posses de todos “por um mundo melhor” vai terminar na mais absoluta e generalizada miséria, porque a pobreza, ao contrário da riqueza, garantidamente não deixará de existir.
O pecado foi derrotado pelo sacrifício de Cristo, ainda assim tem permissão para ser “infinito” no mundo até que Ele retorne e, só após isso, será absolutamente extinto;
A morte foi vencida pela ressurreição de Cristo, ainda assim tem permissão para ser “infinita” no mundo até que Ele retorne e, só então, deixará de existir;
Da mesma forma podemos criar estruturas pondo a doença, a imoralidade, o crime, a pobreza ou quaisquer outras consequências do pecado… todas “infinitas” até que o Senhor Jesus Cristo retorne e, só e somente após isso, extirpadas.

Satanás — o pai da mentira, do pecado, do comunismo e do socialismo — sabe perfeitamente como foi catastrófica sua atuação como serpente lá no Éden e a promessa de que o homem “se tornaria como Deus”, então renovou o discurso e passou a soprar nos ouvidos da humanidade — particularmente nos dos adeptos de ideologias vermelhas — certas ideias como, por exemplo, “o fim da pobreza”!
Sabendo que as afirmações de Cristo são axiomas, então estamos fadados ao fracasso por tentar, principalmente pela ação dos Césares, acabar com a pobreza!

Quanto aos pobres, vós sempre os tereis convosco,
mas a mim vós nem sempre tereis.

(João 12:8 – KJA)

Você acreditaria em alguém que, não sendo Jesus Cristo, diga que vai “acabar com a doença”?
Ora, porventura há poder no ser humano para eliminar a morte?
A despeito dos avanços tecnológicos… conseguimos banir completamente as doenças do mundo?!? Inclusive, pelo contrário, particularmente durante a última pandemia estar surgindo a verdade sobre o uso experimental de tecnologia genética

Sei bem que essa é uma constatação nem um pouco simpática, mas basta fazer a analogia: a morte só vai acabar quando Cristo retornar, todas as doenças só vão acabar quando Cristo retornar… da mesma forma a pobreza só será completamente extinta no dia que o Senhor voltar e qualquer um que use o argumento do “fim da pobreza” não só prova a completa ignorância das Escrituras, mas acaba revelando sua insatisfação com as determinações de Deus e a arrogância de pensar que pode, individualmente ou com a força do Estado, obter soluções melhores que as d’Ele.
Parece piedade, mas é só a velha e pura rebelião contra Deus.

Por que os gentios se amotinam e os povos intrigam em vão?
Os reis da terra preparam seus ardis e, unidos, os governantes conspiram contra o SENHOR e contra o seu Cristo, proclamando:
“Façamos em pedaços os seus laços, sacudamos para longe de nós seus vínculos!”

(Salmos 2:1-3 – KJA)

OSTENTAÇÃO

Destaco que é elogiável, bondoso e não há mal algum em empreender esforços para aplacar o sofrimento das pessoas pobres ou doentes, mas — ao contrário do que bradam os paradoxais “comunistas cristãos” — a ordem de Cristo para vender tudo o que tinha e dar aos pobres nunca foi generalizada, antes especificamente direcionada àquele jovem cujo amor pelo dinheiro era extremo.

Porque ingressamos neste mundo sem absolutamente nada e, ao partirmos daqui, nada podemos levar;
por isso, devemos estar satisfeitos se tivermos com o que nos alimentar e vestir.
(…)
Seja a vossa vida desprovida de avareza.
Alegrai-vos com tudo o que possuís;
porque Ele mesmo declarou:
“Por motivo algum te abandonarei, nunca jamais te desampararei”.

(1 Timóteo 6:7-8 / Hebreus 13:5 – KJA)

Nunca esquecendo o modo correto de praticar as boas ações, talvez seja oportuno considerar as passagens acima, pois em lugar nenhum das Escrituras o mítico “voto de pobreza” foi estabelecido como imposição generalizada da todos os cristãos: de fato, deve nos bastar ter o que comer e vestir para estarmos satisfeitos, porém, como o Senhor é poderoso para recompensar publicamente infinitamente mais do que pedimos ou imaginamos em secreto (vide Efésios 3:20), devemos estar sempre atentos para evitar a influência do mundo em nosso comportamento:

O bom senso te guardará, e a plena inteligência te protegerá.
A sabedoria te livrará das veredas dos maus, das pessoas de palavras ardilosas.
(…)
Portanto, estai atentos para que o vosso procedimento não seja semelhante aos insensatos,
mas andai em sabedoria.

(Provérbios 2:11-12 / Efésios 5:15 – KJA)

Ainda que no Antigo Testamento tenha sido ordenado que o terceiro dízimo fosse, para ação de graças, gasto com tudo — inclusive (e para escândalo de alguns evangélicos) bebidas fortes e fermentadas! — o que se desejasse ingerir, o ato só deveria ocorrer “no local escolhido para fazer habitar o seu nome”, ou seja, um evento privado cujos outros possíveis participantes gozariam de determinado nível de intimidade.
Tenho usado a tecnologia e as redes sociais para divulgar a Palavra de Deus, mas poucos são os que ainda não viram pessoas usando esse potencial para divulgar um falso evangelho e até apresentar ostentação com o pretexto de “ação de graças”… e essa é uma atitude que definitivamente permite às tais “pessoas de palavras ardilosas” atuar como Judas e realizar as grandes sinalizações de virtude típicas dos justiceiros sociais, sempre ávidos por socializar os bens alheios e exibir sua bondosa superioridade humanitária.

E não são apenas estranhos virtuais a se sentir no direito de gerenciar a forma alheia de administrar o que fazer com o que for além do “alimentar e vestir”: os traidores em potencial podem até mesmo ser encontrados entre os próprios familiares, mas, sejamos honestos, o pior de todos os Iscariotes se chama Estado, que cria leis para encher a “bolsa de dinheiro” para dela, arbitrariamente, tirar valores astronômicos e custear movimentos e práticas aos quais um cristão genuíno jamais poderia apoiar, quanto mais financiar a realização!

E, apesar de conhecerem a justa Lei de Deus, que declara dignos de morte todas as pessoas que praticam tais atos,
não somente os continuam fazendo,
mas ainda [todos os que] aprovam e defendem aqueles que também assim procedem.
(…)
Porquanto, podeis estar bem certos disto: nenhum imoral, ou impuro, ou ganancioso, que é idólatra, tem herança no Reino de Cristo e de Deus.
Portanto, não sejais participantes com eles.
E não vos associeis às obras infrutíferas das trevas;
pelo contrário, condenai-as;
pois é vergonhoso até mesmo mencionar as coisas que fazem às escondidas.

(Romanos 1:32 / Efésios 5:5,7, 11 e 12 – KJA)

Sabendo que as “boas ações” praticadas e alardeadas pelos governos vermelhos são espiritualmente inúteis e servem apenas como cabresto ideológico, podemos ter certeza de que ao financiar políticas de aborto, troca de sexo (Deus erra?), invasão de propriedades e movimentos LGBT ainda impõem concordância e colaboração — mesmo que passiva e totalmente involuntária — a todos os cidadãos das nações onde o Senhor Deus os estabelece como governantes!
Pessoalmente penso que isso acaba sendo bem pior do que se apenas roubassem o dinheiro da bolsa para si próprios…

PORTA ERRADA

Entrai pela porta estreita,
pois larga é a porta e amplo o caminho que levam à perdição,
e muitos são os que entram por esse caminho.
Porque estreita é a porta e difícil o caminho que conduzem à vida,
apenas uns poucos encontram esse caminho!

(Mateus 7:13-14 – KJA)

Essa deve ser uma das passagens mais conhecidas das Escrituras e, infelizmente, uma cujo significado é completamente abstraído: tenham em mente que o mundo, em rebelião contra Deus, nunca passou por porta alguma!!
Então, a porta larga é o caminho onde as pessoas ignoram e deturpam a Palavra de Deus para que possam viver numa ilusão de cristianismo onde, desde o início, a fé não veio pelo ouvir, mas baseada em falsas promessas e todo tipo de manipulação emocional e intelectual. O caminho da porta larga é pavimentado para que possa se parecer ao máximo com o mundo, deturpando as Escrituras e travestindo de piedade a incorporação das práticas mais profanas… sob pretexto de manter cheias as empresas eclesiásticas.
Enfim, referências à porta estão ligadas ao ato de liberar ou bloquear o acesso a alguma coisa como, por exemplo, a porta estreita que conduz à vida.

Da mesma maneira Eu te digo que tu és Pedro,
e sobre esta pedra edificarei a minha igreja,
e as portas do Hades não prevalecerão contra ela.

(Mateus 16:18 – KJA)

Alguém consegue imaginar um exército que vá batalhar não com dardos inflamados ou espadas, mas carregando… portas?
Quando Cristo se referiu às “portas do inferno”, Ele garantiu que o Hades — nome dado ao destino dos mortos antes de Sua ressurreição — não mais teria poder para conter (ou seja, manter aprisionados) todos e apenas aqueles que viriam a compor a Igreja… só e somente tudo isso!
Então é bom destacar que a única é verdadeira Igreja de Cristo é formada apenas e somente por aqueles que, pela pregação da Palavra sem mistura, se arrependem de seus pecados e, reconhecendo Jesus Cristo como seu único Senhor e Salvador, recebem o legítimo Espírito Santo como penhor de sua salvação: tais peculiaridades são individuais e negociáveis, não podendo ser concretizadas por osmose ou quaisquer atos de terceiros.
Isto posto, a Igreja de Cristo jamais pode ser tomada como sinônimo ou referência direta às empresas eclesiásticas e, pior que isso, a toda uma nação.

Então eu tanto me baseio nas Escrituras para denunciar e certificar de que as doutrinas vermelhas procedem diretamente do inferno, quanto para, infelizmente, me deparar com uma notícia como essa, onde num afã puramente político a estrita promessa de Cristo foi incompreendida, deturpada e alargada para servir como reles instrumento de manipulação emocional.

Ainda que eu “aliviasse” e tentasse fazer com que “as portas do inferno” funcionasse como sinônimo para “as malignas ações empreendidas pelas hostes infernais e seus servos”, não encontraria nenhum respaldo profético nas Escrituras para diferenciar o Brasil de quaisquer outros países, pois, fora Israel (que atualmente age como o filho pródigo e não pode ser considerada exemplo), não foi registrada nenhuma profecia de livramento destinada a qualquer outra NAÇÃO do mundo!
Pelo contrário, profetas do Antigo e do Novo Testamentos se ratificam quanto ao que está por vir:

Então ele me deu o seguinte esclarecimento:
‘O quarto animal é um quarto reino que surgirá na terra.
Será diferente de todos os outros reinos passados,
e devorará com avidez a terra inteira, despedaçando e pisoteando povos e nações.
Quanto aos dez chifres,
dez reis se levantarão daquele mesmo reino;
e depois deles se levantará outro, que será diferente dos primeiros e humilhará três dos dez reis.
Esse reino diferente falará contra o Supremo,
oprimirá os seus santos e tentará alterar o calendário, as festas religiosas e as leis.
Então, os santos serão entregues nas mãos dele por um tempo, dois tempos e metade de um tempo.’
(…)
Foi-lhe concedido também poder para guerrear contra os santos e vencê-los.
E recebeu autoridade sobre toda tribo, povo, língua e nação.

(Daniel 7:23-25 / Apocalipse 13:7 – KJA)

Esta é a verdade que está registrada nas Escrituras!
Não pode, por mais inconveniente ou dolorosa que pareça, ser dissociada, obliterada ou omitida do Evangelho.

Porquanto não me envergonho do Evangelho,
porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que nele crê;
primeiro do judeu, assim como do grego;
visto que a justiça de Deus se revela no Evangelho,
uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito:
“O justo viverá pela fé”.

(Romanos 1:16-17 – KJA)

CONSEQUÊNCIAS

Realmente não consigo identificar com exatidão em que ponto da História alguém inventou que o Evangelho precisaria ser “atenuado” para não afastar os incrédulos, mas certamente posso afirmar que essa é uma manobra digna do Iscariotes: seria relativamente fácil discernir caso clamores, ordens, traições, prisões ou perseguições tivessem origem nos infiéis, mas Judas só conseguiu concretizar sua traição por estar trabalhando dentro do núcleo cristão, assim como hoje têm atuado os progressistas infiltrados nas empresas e franquias eclesiásticas.
Assim como o traidor de Cristo trouxe soldados, os progressistas creem ser César mais perfeito que Deus e que até a fé deva ser regulada pelo Estado.

Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão sendo destruídos,
porém para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus.
(…)
As pessoas que não têm o Espírito não aceitam as verdades que vêm do Espírito de Deus, pois lhes parecem absurdas;
e não são capazes de compreendê-las, porquanto elas são discernidas espiritualmente.

(1 Coríntios 1:18 / 2:14 – KJA)

Assim como a maternidade é exclusivamente feminina, o pastorado é masculino. Mas vieram as serpentes progressistas oferecer o fruto formado de regras empresariais e trabalhistas, de onde escorria o sumo do feminismo igualitário e as Evas, cheias de vaidade e orgulho, cravaram seus dentes com toda força: como podem as emprejas criticar homens ou mulheres “trans” se em seus púlpitos dão espaço às “pastoras“?!?
Depois, para “atrair” ou “não perder os jovens”, vilipendiaram o culto — que deveria ser racional e prestado somente ao Senhor Deus — introduzindo corinhos com ritmos cada vez mais profanos, letras cada vez mais estapafúrdias e, o ápice, os “ministérios de dança” que nada têm da Palavra, mas executam movimentos místicos e são trincheiras de acesso aos militantes do movimento LGBT.

Alteração do estado natural de consciência? Encher o verdadeiro templo do Espírito com marcas de vaidade desnecessárias e estranhas? Estelionato espiritual? Manipulação emocional? Desvio de tempo que deveria ser dedicado à Palavra e à oração para marchas, jejuns alardeados, profetadas… até montanhismo?!?

Com aparência de piedade, todavia negando o seu real poder.
Afasta-te, portanto, desses também.

(2 Timóteo 3:5 – KJA)

Nunca essa passagem foi tão viva! São concessões como as citadas, algumas aparentemente inócuas, que quando somadas criam um “monstro” que afasta quase totalmente as empresas eclesiásticas do real poder do Evangelho, que está somente na Palavra de Deus!
Os pretextos utilizados pelos progressistas remetem à bondade da mesma forma que a sugestão de doação aos pobres formulada por Judas: assim como o Iscariotes tentou constranger até ao Senhor Jesus Cristo, os filhos do inferno fazem de tudo para que nos sintamos culpados… por qualquer motivo, pretexto ou manipulação que lhes apareça pela frente!
Como dito anteriormente, os males decorrentes do pecado são “infinitos” até que Cristo retorne: antes disso todo sucesso da luta por “igualdade” conduz a sociedade humana à absoluta imoralidade, à miséria, ao crime… e à morte.

O golpe final é particularmente travestido de bondade, pois desvia o papel original da Igreja — que é a pregação da Verdade que dá acesso à vida eterna — para a construção de um futuro melhor e mais inclusivo… soa bonito, mas sutilmente remove o poder absoluto e sobrenatural das mãos inerrantes do Deus Eterno que transcende o material para entregá-lo nas mãos da humanidade cada vez mais depravada, arrogante e iludida de que esse mundo terá longa duração…

Assim como, no passado, surgiram falsos profetas entre o povo,
da mesma forma, haverá entre vós falsos mestres,
os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras,
até ao cúmulo de negarem o Soberano que os resgatou, atraindo sobre si mesmos repentina destruição.
Muitos seguirão seus falsos ensinos e práticas libertinas,
e por causa dessas pessoas, haverá difamação contra o Caminho da Verdade.
Movidos por sórdida ganância, tais mestres os explorarão com suas lendas e artimanhas.
Todavia, sua condenação desde há muito tempo paira sobre eles,
e sua destruição já está em processo.

(2 Pedro 2:1-3 – KJA)

Poucos parecem ter capacidade para compreender que o ciclo das empresas eclesiásticas está se encerrando e sua desvinculação da Igreja foi profetizada nas Escrituras, pois é necessário que até elas façam parte da adoração mundial e absoluta ao anticristo: uma das maiores tolices ditas pelos evangélicos é de que os “comunistas fecharão a Igreja”, pois, pelo contrário, a manipulação de massas analfabíblicas pela fé é um instrumento valiosíssimo e impossível de ser desprezado: muito antes de querer fechar as empresas eclesiásticas os energúmenos vermelhos já trataram de aparelhá-las, conseguindo alocar cupinchas não apenas entre pastores, mas até como executivos regionais das mais tradicionais franquias!
A instrução dada no Antigo Testamento permanece válida em nossos dias, principalmente diante de TODAS as tentativas de manipulação tão normais em períodos eleitorais:

Tu, porém, permanece aqui comigo,
para que Eu te diga todos os mandamentos, os decretos e as doutrinas que lhes ensinarás,
a fim de que os pratiquem na terra que Eu dou a eles como propriedade!
Sendo, assim, tende todo o zelo para agirdes conforme vos ordenou Yahweh, vosso Deus.
Não vos desvieis, nem para a direita, nem para a esquerda.

(Deuteronômio 5:31-32 – KJA)

Nós, cristãos, temos as Escrituras e estritamente nelas devemos permanecer… e não serão terras que receberemos como propriedade, mas a vida eterna!

CONCLUSÃO

Como já mencionei, há dezessete anos o Senhor abriu meus olhos para registrar e denunciar os Iscariotes com suas heresias, deturpações ou qualquer má utilização de Sua Palavra. Nunca me furtei de citar Silas Malafaia, Caio Fábio, R.R. Soares, Valdomiro, Macedo, Lagoinha, indústria gospel ou quaisquer outras autoridades religiosas e celebridades gospel como fontes amargas e não pode ser uma ocasião política que vai me fazer calar em relação às mentiras através das quais vêm blasfemando o Caminho da Verdade.
Infelizmente esses Iscariotes “clássicos” fomentaram o surgimento de uma geração de traidores do Evangelho exponencialmente mais perversa do que eles próprios: o impetuoso erro de porta da primeira-dama, assim como o questionável episódio em que demonstrou glossolalia, apenas revelam efeitos menores do cristianismo longe das Escrituras oferecido pelo modelo Lagoinha de franquias eclesiásticas… um exemplo bastante mais diabólico dos monstros que podem nascer disso pode ser encontrado em outro de seus membros, o sórdido André Janones, cuja aula sobre como mentir (link sobre o nome) não deixa dúvidas acerca de, sem deixar de se afirmar “cristão”, a qual senhor ele serve.

O Iscariotes do Iscariotes…

Vós pertenceis ao vosso pai, o Diabo; e quereis realizar os desejos de vosso pai.
Ele foi assassino desde o princípio, e jamais se apoiou na verdade,
porque não existe verdade alguma nele.
Quando ele profere uma mentira, fala do que lhe é próprio,
pois é um mentiroso e pai da mentira.

(João 8:44 – KJA)

Se outrora o fato de se afirmar cristão era quase um comprovante de bons antecedentes, agora encontramos “crentes” sem qualquer limite e, surpreendentemente, com comportamento mais reprovável que o de alguns incrédulos.
Reconheço que o alargamento das portas ocorrido nas últimas décadas foi profundamente influenciado por homens com a perspectiva antropocêntrica característica do progressismo socialista, mas em cinco dias estaremos enfrentando o segundo turno das eleições presidenciais brasileiras em 2022 e, apesar da simpatia pelo cristianismo alegada pelo único candidato “de direita”, sigo às urnas sem qualquer entusiasmo, plenamente consciente de que a porta larga é apenas um caminho “maquiado” que leva ao mesmo inferno ao qual estão destinados os que não passaram por porta alguma.

Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus,
mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia:
Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome?
E em teu nome não expulsamos demônios?
E em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente:
Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.

(Mateus 7:21-23 – KJA)

Obrigado por ter lido até aqui e eu, sinceramente, não escreveria aqui se não estivesse necessitando de toda colaboração que puder ser oferecida: comentários, compartilhamentos e reações ajudam a divulgar este conteúdo que foi produzido com intenção de colaborar para a edificação do Corpo de Cristo no mundo.
Um link encurtado e de fácil memorização para essa postagem é:

https://cutt.ly/solucao_verdade

Desejando colaborar financeiramente com qualquer valor, minha chave PIX principal é [email protected] e essa imagem é do meu QR code: meu nome é Geovane Ignácio de Souza, o trecho do CPF a aparecer deve ser o “927.157” e a instituição financeira é o Nubank.

Sei bem que em mim não há valor algum, por isso dedico meu tempo a pesquisar e escrever, sempre tentando comparar tudo às Escrituras: o que de graça recebi, de graça também compartilho…
Infelizmente há fatores envolvidos nesse processo que geram custos e, na realidade, eu próprio e minha família precisamos sobreviver: peço que considere a possibilidade de, através do Paypal, colaborar mensalmente com pelo menos R$ 15,00.
Atualmente não tenho nenhum colaborador, mas se 40 pessoas se propusessem a ajudar com esse valor mínimo, ao menos os gastos com energia elétrica e internet seriam cobertos.

Por mais que queira, destaco que não tenho em mim mesmo a menor capacidade de forçar o Pai a te abençoar por causa disso, mas oro a Ele pedindo para que, no tempo correto e na medida multiplicada, retribua a bondade realizada da forma mais adequada: seja através de livramentos ou de diversas bênçãos possíveis.

Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios 6: 23-24: que a graça e a paz sejam conosco, todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade, hoje e para todo o sempre!

Ficou querendo ver melhor a imagem de abertura?

Por favor, compartilhe
para alcançar mais pessoas!

Notificação De Postagens Por E-mail

Em 04 de outubro de 2021 algumas das maiores redes sociais passaram horas desligadas.
Há rumores de que um “GRANDE APAGÃO” será sucedido por OPRESSIVO CONTROLE SOCIAL virtual.
Não posso prever o real impacto, mas, caso seja possível, continuarei estudando e publicando sobre as Escrituras: inscreva-se para, a partir da próxima, receber notificação em seu e-mail a cada nova publicação n’O Pior Evangelho.

(CASO NECESSÁRIO, OPORTUNAMENTE SERÁ ENVIADO CONTEÚDO INTEGRAL)

OUTROS TEXTOS DO MESMO AUTOR

Subscribe
Notify of

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Teóphilo Noturno
Teóphilo Noturno
A Verdade, assim como um remédio, pode até ser amarga... mas é o único caminho para a salvação.

PROJETO RESGATE

plugins premium WordPress
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
O PIOR EVANGELHO ONLINE
PRECISA MUITO DE SUA AJUDA

Em mim não há valor algum e tem sido uma honra pesquisar e elaborar conteúdo com base nas Escrituras, só que expor a ruptura entre a Igreja de Cristo e as empresas eclesiásticas não me torna querido por comerciantes da fé.
Não tenho expectativa de ser convidado para palestrar, ficando sem qualquer fonte de custeio para este trabalho que, por sinal, disponibilizo gratuitamente há mais de uma década.
O que de graça recebi, de graça também compartilho…

Infelizmente, nesse processo, há fatores que geram custos e, real e sinceramente, eu próprio e minha família precisamos sobreviver: por favor, considere a possibilidade de, através do Paypal, colaborar mensalmente.
Hoje conto com UM COLABORADOR, mas se 40 pessoas se propusessem a ajudar com R$ 15,00, ao menos os gastos com energia elétrica e internet seriam cobertos.

Perdão por esta incômoda janela, mas, como não minto, creio que esse apelo é a melhor forma de expor as dificuldades pelas quais estou passando e pedir auxílio sem incomodar tanto: aos que NÃO QUISEREM COLABORAR, basta fechá-la que, ainda assim, o conteúdo integral do site permanecerá disponível.
Obrigado!

PIX
TRANSFERÊNCIAS

BANCO: 0260 (NU PAGAMENTOS S/A)
AG: 0001  / CC: 4056479-5
Geovane I Souza
CPF: •••.927.157-••

PAYPAL
PIX
TRANSFERÊNCIAS

BANCO: 0260 (NU PAGAMENTOS S/A)
AG: 0001  / CC: 4056479-5
Geovane I Souza
CPF: •••.927.157-••

PAYPAL
%d blogueiros gostam disto: