Skip to content Skip to footer

Axiomas

Independente De Sua Opinião: Verdades Absolutas!

Continuando exatamente de onde parei na última postagem, pesquisei pela Internet o significado de “Axioma” e encontrei:

▶ Substantivo masculino (terminado em “A”, para desespero dos estúpidos partidários da “linguagem neutra”!) e se refere a uma evidência cuja comprovação é dispensável por ser óbvia;

▶ Princípio evidente por si mesmo;

▶ Na Matemática – noção comum; afirmação geral aceita sem discussão: “a parte é menor que o todo” é um exemplo de axioma;

▶ Já na Filosofia – premissa considerada necessariamente evidente e verdadeira, fundamento de uma demonstração, porém ela mesma indemonstrável, originada, segundo a tradição racionalista, de princípios inatos da consciência ou, segundo os empiristas, de generalizações da observação empírica: o princípio aristotélico da contradição — “nada pode ser e não ser simultaneamente” — foi considerado desde a antiguidade um axioma fundamental da filosofia.

Uma passagem bíblica perfeita para introdução desse conceito na vida cristã:

Pois quê?
Se alguns foram incrédulos, a sua incredulidade aniquilará a fidelidade de Deus?
De maneira nenhuma; sempre SEJA DEUS VERDADEIRO, E TODO O HOMEM MENTIROSO.

(Romanos 3:3-4a)

Se você não tem certeza absoluta disso… o erro está em querer se identificar como “cristão” quando, dura verdade e independente de sua boa vontade, não passa de um incrédulo.

Chocante, não?
Pode ter certeza de que não falei isso para implicar nem para fazer “raivinha” em ninguém e, por favor, não adianta dar chilique: quando prometi solenemente que não iria até o perfil de ninguém me manifestar e muito menos debater, tive a intenção de me resguardar dos que vêm até aqui e, em vez de acompanhar o desenvolvimento de um raciocínio ao longo das postagens, querem criar polêmica ou fazer proselitismo de suas empresas eclesiásticas.
O fato é que eu simplesmente PRECISO EXPOR A VERDADE que as empresas eclesiásticas foram deixando, ao longo da história, com medo de pregar; a Verdade que está sendo encoberta em nome do discurso politicamente correto; a Verdade que é o amor sem, em momento algum, deixar de ser justiça!

Como a ideia é ir gradualmente acrescentando informações e aumentando a complexidade do conteúdo, não vou estender explicações até suas minúcias nesses primeiros tempos, me contando a citações, breves explicações e, no máximo, uma ou outra questão ou comentário para direcionar o raciocínio.
Então vamos enumerar alguns bons axiomas bíblicos para, dentro em breve, poder expor outras passagens que NÃO SÃO?

Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?
Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também.

(Salmos 139:7-8)

A prerrogativa do Senhor Deus, por ser o Criador de tudo o que há, é poder não estar submetido a nenhuma das leis que nos limitam, sendo capaz de realizar coisas que nossas mentes restritas sequer conseguem conceber como, segundo apresenta essa passagem, estar em todos os lugares ao mesmo tempo!
Isso se chama ONIPRESENÇA e É UM AXIOMA.

Todos os povos da terra são como nada diante dele.
Ele age como lhe agrada com os exércitos dos céus e com os habitantes da terra.
Ninguém é capaz de resistir à sua mão ou dizer-lhe: ‘O que fizeste?’

(Daniel 4:35)

Sem precisar responder a ninguém, o Senhor Deus faz o que quer, quando quer e como quer!
Por favor, NUNCA confunda isso com a insanidade de provocá-lO a fazer coisas que não estão em Seu plano, assim como não adianta tentar subverter esse poder humanamente inconcebível através de malandragens capciosas como imaginá-lO criando um outro deus mais poderoso que Ele, ou uma pedra tão pesada que Ele não poderia erguer ou ainda provocando uma reversão no fluxo do tempo para corrigir algo que ocorreu no passado… aliás, essa questão do tempo é tão linda e profunda que corre risco de merecer uma postagem exclusiva daqui a pouco.
Mas voltando a falar sobre o poder que é Deus, o nome dele é ONIPOTÊNCIA e É UM AXIOMA.

Não se vendem dois passarinhos por um asse?
E nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai.
E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.

(Mateus 10:29-30)

Eu já escutei pessoas falando coisas como “Deus deve estar muito ocupado” ou “Deus não iria perder tempo com isso”… e são frases que limitam o Criador a uma pobre, senão ofensiva, perspectiva antropomórfica da realidade!
Enquanto as criaturas humanas se vangloriam diante da possibilidade do surgimento de um “computador quântico”, o Senhor Deus já sabe como, quando e porque o núcleo do processador vai fundir!
Enquanto nos estamos indo, atados ao presente, imaginando e tentando construir o futuro e, mesmo sem querer, esquecendo do passado, o Pai Eterno já viu tudo isso e só está nos aguardando, sentado em Seu trono, no dia do julgamento.

Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É insondável o seu entendimento.

(Isaías 40:28)

Isso acaba tornando inútil o conceito de “livre arbítrio”, pois qualquer que seja a decisão que tomemos — direita ou esquerda, sim ou não… matar, morrer ou deixar viver — Ele já sabia o momento, a razão e todas as possíveis e mínimas consequências desse ato, sendo impossível surpreendê-lO: o nome disso é ONISCIÊNCIA e, sim, também É UM AXIOMA.

Para falar a verdade, o verbete “axioma” do dicionário só contaria com uma imagem perfeita a seu lado se pudéssemos fazer um registro fotográfico do Senhor Deus:

Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim,
diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir,
o Todo-poderoso.

(Apocalipse 1:8)

É tanto poder e tamanha glória que algumas criaturas humanas de mente preguiçosa enxergam nisso o mais perfeito cabide de empregos do mundo: passam a se dizer emissários d’Ele e, sequer se se dando ao trabalho de examinar cuidadosamente as Escrituras, saem fazendo promessas e profecias sem pé nem cabeça, garantindo coisas que jamais foram verdadeiramente prometidas, manipulando a emoção das massas e enchendo as empresas eclesiásticas que fundam com bodes teimosos que — na ilusão ignorante de que são ovelhas — se tornam birrentos e vestem antolhos que não os permitem olhar para lugar algum… sequer para cima!

Esse é um fato que, mesmo tendo sido profetizado (e por isso ser algo inevitável), ainda me causa ira e desgosto por ver o tamanho da multidão que vai sendo enganada em nome de um bem que não é verdadeiro: há muito a explicar com estrita base bíblica, mas, como prometi postagens curtas, vou deixar apenas mais um axioma seguido de algumas perguntas para que o leitor faça sua sincera reflexão:

De sorte que a fé é pelo ouvir,
e o ouvir pela palavra de Deus.

(Romanos 10:17)

Sem esquecer que Cristo resume em si próprio a Palavra, existe alguma outra passagem que apresente quaisquer outras possíveis origens válidas para a fé genuína?
Qual a origem da sua fé? Como você se envolveu com o evangelho?
Pela emoção?
Pela promessa de uma vida cheia de riquezas na terra e, na sequência, eterna no céu?
Pela conveniência de poder continuar vivendo as mesmas práticas de qualquer pecador, mas “santificado” por ser “gospel”?
Você vive amparado em promessas veterotestamentárias e esperando cruzadas por milagres?
Você conhece mesmo a Bíblia, Palavra de Deus, por si? É capaz de defendê-la e elaborar raciocínios concretos com base nela… ou, quando diante de uma questão, prefere sair correndo para saber qual a resposta do seu pastor?
Que solidez ou maturidade bíblica ele te transmitiu?

Enfim, creio que consegui apresentar uma básica definição do que é um axioma e, doravante, será um termo frequentemente empregado nos textos publicados. Você conseguiu entender bem?
Numa próxima postagem, dando sequência a esta, vou abordar a TAUTOLOGIA bíblica e algumas sérias implicações que pouquíssimas pessoas se dão ao trabalho de considerar, afinal… é mais fácil nem pensar em coisas tão terríveis, não é mesmo?

Sexta-feira passada falhei em minha promessa de postar e a justificativa foi o deslocamento no dedo do pé que meu filho de três anos sofreu após um acidente doméstico, mas este foi apenas mais um dentre tantos obstáculos que vêm se sucedendo desde minha surdez.
Realmente tenho ânsia de publicar regularmente e, permitindo o Senhor, a qualquer momento encaixarei uma “postagem extra” para compensar a ausente.

Desejando colaborar financeiramente com qualquer valor, minha chave PIX principal é [email protected] e essa imagem é do meu QR code: meu nome é Geovane Ignácio de Souza, o trecho do CPF a aparecer deve ser o “927.157” e a instituição financeira é o Nubank.

Por mais que queira, destaco que não tenho em mim mesmo a menor capacidade de forçar o Pai a te abençoar por causa disso, mas oro a Ele pedindo para que, no tempo correto e na medida multiplicada, retribua a bondade realizada da forma mais adequada: seja através de livramentos ou de diversas bênçãos possíveis.

Aqui quem escreve é o velho Teóphilo Noturno e prossigo, contra todas as adversidades, tentando alcançar — todas as terças e quintas pela noite — unidades desorientadas (e, quiçá, até as atualmente em poder do inimigo) através dos informes consolidados e atualizados que chamo d’O Pior Evangelho do Mundo.

Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios 6: 23-24: que a graça e a paz sejam conosco, todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade, hoje e para todo o sempre!

Ficou querendo ver melhor a imagem de abertura?

Por favor, curta e compartilhe
para alcançar mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

OUTROS TEXTOS DO MESMO AUTOR

Leave a comment

PESQUISAR