Skip to content Skip to footer

Qual O Verdadeiro Espírito Santo?

Não Se Brinca Com O "Penhor Da Salvação"

Conforme destaquei ao falar sobre o Arrebatamento e considerando como axiomas as palavras de Cristo, por 5/6 da Bíblia ninguém tinha o Espírito Santo habitando em si: simplesmente ela ainda não havia sido dado!

Quando alguém sugere a reprodução de algum comportamento ritualístico aprendido através de personagens do Antigo Testamento, é altíssima a probabilidade de que esteja — a despeito de suas supostas boas intenções — se desfazendo do sacrifício supremo e definitivo realizado pelo Senhor Jesus Cristo na cruz do Calvário: qualquer outro “sacrifício complementar” implica em dizer que o realizado pelo Senhor foi insuficiente!
Um bom exemplo está nos que alegam ser necessário marcar objetos ou criaturas através da popular unção com óleo e desconsideram totalmente o papel do Espírito Santo, que é o único e legítimo sinal de sua fé deixado aos verdadeiros cristãos.

Por ainda não ser o tempo de acontecer o que está revelado em Apocalipse 9:4, ninguém tem como saber quem verdadeiramente tem o Espírito Santo e quem são os emuladores que — mesmo não o tendo — atuam de diversas formas controversas e ainda se apressam em dizer que seus atos não podem ser julgados.
Realmente seria necessário algum instrumento — como um “espectrômetro espiritual” ou coisa parecida — que pudesse nos permitir atestar quem tem águas vivas fluindo de si, porém ao conhecermos e aplicarmos as perfeitas referências bíblicas, sem muita dificuldade conseguimos identificar e descartar muitos safados que nunca chegaram nem perto de ser habitados pelo Espírito Santo, antes não passam de energúmenos totalmente possessos por legiões de demônios!
Quer saber?

Não julgueis segundo a aparência,
mas julgai segundo a reta justiça.

(João 7:24)

PENHORADO

A começar por aqueles ignorantes crônicos da Bíblia que iniciam seus discursos politicamente corretos com o clássico “não julgueis” — e através disso atestam antecipadamente seu absoluto desconhecimento da raiz daquilo que afirmam ser sua fé —, os que negam ou deturpam a Palavra de Deus até que se adeque às suas conveniências são os primeiros a quem devemos julgar com base nela, a reta justiça!
Não é especificamente sobre esses ávidos engolidores de pecados que vamos falar hoje, mas sim sobre tipos um tanto mais sórdidos, que desconhecem, desconsideram ou ocultam as seguintes passagens e seu óbvio significado:

Mas o que nos confirma convosco em Cristo, e o que nos ungiu, é Deus,
O qual também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações.

(2 Coríntios 1:21-22)

Porque também nós, os que estamos neste tabernáculo, gememos carregados;
não porque queremos ser despidos, mas revestidos,
para que o mortal seja absorvido pela vida.
Ora, quem para isto mesmo nos preparou foi Deus,
o qual nos deu também o penhor do Espírito.

(2 Coríntios 5:4-5)

Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação;
e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa;
O qual é o penhor da nossa herança,
para redenção da possessão adquirida,
para louvor da sua glória.

(Efésios 1:13-14)

Você sabe o significado da palavra “penhor”? Compreende seu peso e as implicações decorrentes de quando algo é penhorado? Melhor começar apresentando o que explica o dicionário:

Penhor (substantivo masculino):

▶ Garantia; o que garante o cumprimento de um dever ou obrigação.
▶ [Jurídico] Entrega de um imóvel, ou algo móvel, como garantia de pagamento de uma dívida, de uma obrigação, de um empréstimo; ação ou palavra que cumpre este propósito.
▶ Caução; o que se oferece como garantia.

É necessário compreender esse sério conceito: quando algo é penhorado, somente poderá ser restituído a seu proprietário inicial após a quitação completa do valor envolvido na operação e não existe a mínima possibilidade do negócio ser concluído sem que isso ocorra!

Agora releia as três passagens transcritas acima e pense: se para nós, seres humanos finitos e falíveis, o penhor tem esse peso, imaginem o quanto o próprio Senhor Deus não vai honrar algo que Ele próprio penhorou?!
O trecho destacado de Efésios é ainda mais enfático que os dois primeiros no sentido de esclarecer que o Espírito Santo é o penhor de nossa herança, a saber, a salvação!

Então me vêm a mente todas as vezes em que fui confrontado por criaturas (geralmente líderes) querendo pregar que a salvação poderia ser perdida a qualquer momento e, diante disso, escravizar pessoas através de doutrinas que beiravam a paranoia…
A questão aqui não é apontar quem está salvo e quem não está: longe disso!
O fato simplesmente é que quem recebeu a salvação através do PENHOR DO ESPÍRITO SANTO nunca poderá perdê-la!

Mas há aqueles que não creram pelo ouvir e têm que passar boa parte da vida atuando, emulando as ações do Espírito, tentando convencer outras pessoas acerca de sua intimidade com o sobrenatural — porque isso é demonstração de poder e tentativa de domínio sobre os que se permitem cair vítimas do engano — e se resguardando por trás de uma suposta “autoridade espiritual” cujo simples questionamento já é chamado de pecado!
De fato, esses também não podem perder a salvação, mas provavelmente porque nunca chegaram nem perto de recebê-la!

Infelizmente é essa arrogância que tais pessoas transmitem àqueles que os seguem…
E são estes seguidores — também totalmente vazios do Espírito — que saem abrindo empresas eclesiásticas e se intitulando bispos, apóstolos, reverendos… semideuses!
E assim vai se multiplicando a operação do erro.

Pode porventura o cego guiar o cego?
Não cairão ambos na cova?

(Lucas 6:39)

HABITADO

Heróis da Fé

… ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo,
que habita em vós,
proveniente de Deus,
e que não sois de vós mesmos?

(1 Coríntios 6:19)

Outra importante informação a considerar é esta:

O Espírito Santo HABITA naqueles que o receberam e, sendo penhor, simplesmente não sai, nunca, pra nada!
Ele não fica chateado e vai dar uma voltinha na esquina.
Ele não fica na sala vendo televisão enquanto você vai ao banheiro…
Ele só vai deixar seu corpo quando for o momento do pagamento da penhora, ou seja, na hora em que você for receber a salvação nos dois únicos modos possíveis: ou morrendo ou sendo arrebatado!

Certa vez, há muitos anos, fui a um grande evento onde estaria um “poderoso” pregador televisivo.
Todos os seus subordinados foram ordenados a estar presentes e o conteúdo só girava em torno do diabo estar impedindo seu sucesso, o diabo estar te trazendo doenças, o diabo isso, o diabo aquilo… só se falava nele!
Em determinado momento, parece que foi dado o sinal — ou dita a frase combinada — para que as manifestações começassem… e é extremamente desagradável estar num ambiente onde originalmente se propunha prestar um culto ao Senhor e acabar descobrindo que aquilo não passa de um covil do próprio Satanás, repleto de seus emissários se manifestando através de pessoas que até alguns instantes atrás se comportavam como pretensos cristãos.
O mais terrível era ver que até mesmo entre os ditos “pastores” haviam manifestações demoníacas e, antes mesmo de ser Teóphilo, me lembrei daquela parábola sobre possessão:

E, quando o espírito imundo tem saído do homem,
anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra.
Então diz: Voltarei para a minha casa, de onde saí.
E, voltando, acha-a desocupada, varrida e adornada.
Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali;
e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros.
Assim acontecerá também a esta geração má.

(Mateus 12:43-45)

O que isso significa?
Ora, é simples e óbvio que NÃO EXISTE DUPLA HABITAÇÃO!!!
Ou a vida está habitada pelo Espírito Santo — que, penhorado pelo próprio Senhor Deus, não sai por nada! — ou estão, até mesmo quando vazia, reservada aos demônios!
Se um pastor manifesta demônios, em hipótese alguma ele sequer deveria ostentar tal título, porque:

  • Se for verdade é um atestado de que nunca teve o Espírito Santo habitando em si e está ali para atuar em prol daquele que o domina — a saber, Satanás — através de um comportamento que será associado a seu título para trazer vergonha ao evangelho;
  • Se for mentira, ainda assim estará servindo ao pai da mentira — que, não por acaso, também é Satanás! — e, por isso, deve ser repudiado, sabendo que nunca sequer poderia ter ostentado o título de “pastor”!

VOCÊ PODE ATÉ DIZER QUE É UM CONTO DE FICÇÃO,
MAS NUNCA MAIS ESQUECERÁ COMO SE MULTIPLICA A

LEGIÃO DE ENERGÚMENOS

Essa publicação serve para esclarecer que não podemos, de fato, discernir dentre todos que têm o Espírito Santo e são salvos, mas há evidências que nos permitem identificar com relativa facilidade os que, pelo menos até aquele momento, nunca o tiveram, por mais atuantes e membros de empresas eclesiásticas que sejam: para quem quiser saber mais sobre o pentecostalismo espetaculoso, fiz uma outra abordagem ao tema na terceira parte da série Cronologia.

IMPORTANTE QUESTÃO FINAL

Não sabeis que sois santuário de Deus e que o seu Espírito habita em vós?
Se alguma pessoa destruir o santuário de Deus, este o destruirá;
pois o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado.

(1 Coríntios 3:16-17 – KJA)

Será que destruir o templo do Espírito Santo pode ser considerado como uma blasfêmia?

Portanto, eu vos digo:
Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens;
mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens.
E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado;
mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado,
nem neste século nem no futuro.

(Mateus 12:31-32 – ACF)

Acabei tendo o entendimento de que lidamos com muitas pessoas que “acreditam crer em Deus”, coisa que é completamente diferente de “verdadeiramente crer em Deus”: apenas um verdadeiro cristão tem a possibilidade de destruir o templo de Deus, pois quaisquer outros, a despeito do suicídio ou não, nunca tiveram a salvação…

É fato que o número de suicídios tem aumentado e qualquer potencial suicida pode encontrar dentre as muitas pregações de acalento ao suicídio o incentivo que lhe faltava, permitindo a conclusão de que qualquer pastor que fale dessa forma até possa estar pensando em oferecer alento aos parentes de alguém que tirou a própria vida, mas acaba se tornando instrumento de Satanás ao dar o empurrão que uma mente atormentada estava apenas esperando para executar seu plano sórdido mantendo, contra a verdade das Escrituras, uma ilusão de salvação.

Obrigado por ter lido até aqui e, verdadeiramente, preciso de qualquer colaboração que puder me oferecer: comentários, compartilhamentos e reações ajudam a divulgar este conteúdo que foi produzido com intenção de colaborar para a edificação do Corpo de Cristo no mundo.
Um link encurtado e de fácil memorização para essa postagem é:

https://cutt.ly/espiritosanto

No final da última semana tive que lidar com alguém que preferiu me chamar “desonesto”, me acusando de comportamento semelhante ao das empresas eclesiásticas por pedir auxílio… e se isso veio de alguém que trato como amigo, nem imagino as coisas horríveis que você, que não me conhece, possa estar pensando de mim: não tenho o que esconder e se você quiser saber pelo quanto de aflição tenho passado, basta seguir o link onde relato parte do que me aconteceu em 2020.
Se não puder colaborar tudo bem, mas, por favor, não venha apresentar vazias críticas ad hominen ao conteúdo, pois todo o evangelho apresentado aqui sempre foi, é e permanecerá gratuito.

Desejando colaborar financeiramente com qualquer valor, minha chave PIX principal é [email protected] e essa imagem é do meu QR code: meu nome é Geovane Ignácio de Souza, o trecho do CPF a aparecer deve ser o “927.157” e a instituição financeira é o Nubank.

Por mais que queira, destaco que não tenho em mim mesmo a menor capacidade de forçar o Pai a te abençoar por causa disso, mas oro a Ele pedindo para que, no tempo correto e na medida multiplicada, retribua a bondade realizada da forma mais adequada: seja através de livramentos ou de diversas bênçãos possíveis.

Aqui quem escreve é o velho Teóphilo Noturno e prossigo, contra todas as adversidades, tentando alcançar — todas as terças e quintas pela noite — unidades desorientadas (e, quiçá, até as atualmente em poder do inimigo) através dos informes consolidados e atualizados que chamo d’O Pior Evangelho do Mundo.

Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios 6: 23-24: que a graça e a paz sejam conosco, todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade, hoje e para todo o sempre!

Ficou querendo ver melhor a imagem de abertura?

Por favor, curta e compartilhe
para alcançar mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

OUTROS TEXTOS DO MESMO AUTOR

2 Comments

  • Jose Rodrigues
    Posted 14 de abril de 2021 at 21:47

    Enviei o seu artigo que falava da “Igreja com propositos”para o zap de um colega que também é pastor, e ele veio questionar exatamente a parte em que voce fala sobre a colaboraçao voluntaria e fraterna. Ai eu mandei um textao, pois, ele mesmo, sendo um “pastor” que é funcionario publico bem remunerado, que recebe dizimos e ofertas, o acusou de estar cobrando pelo seu trabalho. Obviamente, ele se sentiu exposto pelo conteúdo, e quis desqualificar o mensageiro sem conhece_lo.O meu textao foi em sua defesa, apesar de voce ser bem claro sobre as doaçoes. Abraços.

    • Teophilo Noturno
      Posted 14 de abril de 2021 at 22:34

      É o famoso ataque “ad hominem”: sem reais argumentos para refutação, tenta atacar características pessoais.
      Mas admito que se o conteúdo estivesse sendo vendido ele estaria certo: o evangelho verdadeiro deve ser assim.
      Como não está sendo vendido, manda esse cão guloso às favas!

Leave a comment

PESQUISAR