Skip to content Skip to footer

De Éfode Davi Dançou…

Quem nunca ouviu sorridentes líderes falando que “Miriã dançou” ou outros, tentando justificar algum exibicionismo impróprio, apelando pro “éfode de Davi”?
Quando começamos a levar as Escrituras a sério e nos dedicamos ao estudo e compreensão, acabamos conseguindo ver detalhes que normalmente são tirados de seu contexto para ser transformados em pretexto para a introdução de práticas absolutamente desnecessárias — senão condenáveis — no evento que chamado de “culto”, que deveria ser racionalmente oferecido ao Senhor Deus…

O fato da Bíblia também ser um livro histórico pode impedir que muitos consigam compreender a separação que deve ser feita entre fatos estritamente relacionados ao culto — ou seja, coisas que ocorreram dentro do tabernáculo / templo / congregação neotestamentária — e os relatos do cotidiano, usos e costumes de Israel.

DANÇANDO… NO TEMPLO?

VEJA A EVOLUÇÃO,
SAIBA O DESTINO
E ENTENDA DEFINITIVAMENTE
O QUE É

LOCAL DE CULTO

Desde julho de 2005 estou esperando que me apresentem alguma passagem relatando que alguém dançou ou bateu palmas dentro do Tabernáculo, do Templo ou da Congregação neotestamentária (doravante apenas congregação).
Miriã dançou sim, mas diante do Mar Vermelho! Basta ver:

Então Miriã, a profetisa, a irmã de Arão, tomou o tamboril na sua mão,
e todas as mulheres saíram atrás dela com tamboris e com danças.
E Miriã lhes respondia:
Cantai ao SENHOR, porque gloriosamente triunfou;
e lançou no mar o cavalo com o seu cavaleiro.

(Êxodo 15:20-21 – ACF)

Isso foi bem longe do Tabernáculo que, por sinal, sequer existia!
Ou seja, o fato de Miriã e todas as mulheres terem dançado foi algo relacionado à alegria única de todo o povo ter sido abençoado com um milagre de Deus: uma experiência absolutamente pessoal e intransferível!
No estudo publicado por Hélio de Menezes Silva está explicado que o termo hebraico para o que Miriã fez é “chîyl”, que significa “dançar em roda circulante”: nada de passos técnicos, nada de movimentos de balé, jazz, animismo… ensaios, líderes e — um “pequeno” detalhe importantíssimo, mas absurda e sistematicamente ignorado — NADA DE HOMENS!!!
Aliás, a passagem preferida que os saltitantes dançarinos gostam de desvirtuar para justificar seu “ministério” é aquela onde Davi dança e toca diante da arca:

Sucedeu, pois, que Davi e os anciãos de Israel, e os capitães dos milhares, foram, com alegria, para fazer subir a arca da aliança do SENHOR, da casa de Obede-Edom.
E sucedeu que, ajudando Deus os levitas que levavam a arca da aliança do SENHOR, sacrificaram sete novilhos e sete carneiros.
E Davi ia vestido de um manto de linho fino, como também todos os levitas que levavam a arca, e os cantores, e Quenanias, mestre dos cantores;
também Davi levava sobre si um éfode de linho,
E todo o Israel fez subir a arca da aliança do SENHOR, com júbilo, e ao som de buzinas, e de trombetas, e de címbalos, fazendo ressoar alaúdes e harpas.
E sucedeu que, chegando a arca da aliança do SENHOR à cidade de Davi, Mical, a filha de Saul, olhou de uma janela, e, vendo a Davi dançar e tocar, o desprezou no seu coração.

(1 Crônicas 15:25-29 – ACF)

Precisamos, em primeiro lugar, destacar que a arca era ÚNICA e seu paradeiro atualmente é desconhecido.
Em seguida, observar que o termo hebraico para a ação de Davi é “râqad”, que significa “dar grandes saltos; pinotear de alegria”.
E, por fim, realizar uma breve reflexão que nos permite concluir que… a arca não era o próprio local de culto nem estava dentro do Templo!!!

Certa ocasião, na época em que me prestava a debater pelas comunidades virtuais, tive o desprazer de encontrar um “líder de adoração profética” dizendo que Davi estaria como que só de cueca nesse episódio!

O fato de Davi e os levitas estarem vestidos com um manto de linho fino de forma alguma significa que eles estavam só de cuecas ou com mantos transparentes, muito pelo contrário: será que um analfabeto funcional como esse — que faz absoluta questão de ostentar um título de “líder”! — desconhece que o termo “fino” tanto pode fazer referência à espessura quanto à qualidade?

TUDO (OU QUASE TUDO)
QUE UM VERDADEIRO CRISTÃO
PRECISA SABER SOBRE

ADORAÇÃO PROFÉTICA

Éfode com Linho de Alta Qualidade

Não quero imaginar o que seja “éfode” na mente dessa criatura e fico com medo de como possa se vestir ao ser convidado para um evento onde o traje seja “esporte fino”… e fico me questionando o que está sendo ensinado nos seminários, porque certamente não é o Português, quanto mais Grego e muito menos Hebraico!
Esse é um perfeito exemplo da catástrofe que o analfabetismo funcional tem trazido sobre o evangelho.

A maioria das citações de dança na Bíblia se aplica aos adoradores de outros “deuses”, mas acabei encontrando uma referência de alguém que entrou pulando no Templo: em Atos 3: um homem — coxo de nascença — que foi curado e, por isso, entrou no templo “andando, saltando e louvando a Deus” (verso 8)!
Mas isso não desmente nenhuma de minhas afirmações anteriores: seus saltos testificavam a cura milagrosa recebida… não há citação posterior de outros saltos ou pulos dentro do templo, logo tal ocorrência foi registrada por ser são exceção à regra.

Em relação à dança, o termo hebraico relativo às passagens de Salmo 149:3 e Salmo 150:4 é “mâchowl”, cujo significado transcrevo abaixo:

…deriva de uma raiz que significa simplesmente “volta” e pode significar girar alegremente numa roda.
A clássica e excelente Edição Revista e Corrigida, da Bíblia, admite que, dependendo do contexto, mâchowl também pode ser flauta que toque em volteios;
Clemente de Alexandria — que, no ano 190AD, era muito melhor hebraísta que ninguém a partir da Idade Média — traduz a palavra em Salmo 150:4 como “coral-eco”, isto é, “coro que responde em eco” (ver “The instructor, Fathers of the Church”, pg. 130).

Hélio de Menezes Silva

COM OU SEM ÉFODE

Após cuidadosa pesquisa, posso afirmar que a existência de equipes ou “ministérios” de dança não passa da mais pura balela para lotar empresas eclesiásticas: se a dança agrada aos jovens, comer chocolate também!
Ambos não são pecado, mas não faz sentido algum criar um “ministério de comedores de chocolate”!
A dança não tem poder algum e sua superestimada “expressividade” acaba introduzindo nos cultos — que deveriam ser racionais — movimentos apenas comparáveis às danças dos rituais africanos, xamanistas, etc.

Podemos concluir com segurança que, em toda a extensão das Escrituras, NUNCA HOUVE DANÇA DENTRO DOS LOCAIS DE CULTO!

NEM DE ÉFODE NEM DE CUECA!
SE A DANÇA É SUA MELHOR OFERTA PARA DEUS,
TALVEZ VOCÊ ESTEJA NA MESMA LISTA
DE CAIM, NADABE, ABIÚ…

OFERTAS INDESEJADAS

Obrigado por ter lido até aqui e, verdadeiramente, preciso de qualquer colaboração que puder me oferecer: comentários, compartilhamentos e reações ajudam a divulgar este conteúdo que foi produzido com intenção de colaborar para a edificação do Corpo de Cristo no mundo.
Um link encurtado e de fácil memorização para essa postagem é:

https://cutt.ly/efode

Desejando colaborar financeiramente com qualquer valor, minha chave PIX principal é [email protected] e essa imagem é do meu QR code: meu nome é Geovane Ignácio de Souza, o trecho do CPF a aparecer deve ser o “927.157” e a instituição financeira é o Nubank.

Por mais que queira, destaco que não tenho em mim mesmo a menor capacidade de forçar o Pai a te abençoar por causa disso, mas oro a Ele pedindo para que, no tempo correto e na medida multiplicada, retribua a bondade realizada da forma mais adequada: seja através de livramentos ou de diversas bênçãos possíveis.

Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios 6: 23-24: que a graça e a paz sejam conosco, todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade, hoje e para todo o sempre!

Ficou querendo ver melhor a imagem de abertura?

Por favor, curta e compartilhe
para alcançar mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

OUTROS TEXTOS DO MESMO AUTOR

5 Comments

  • Dayse Lúcia
    Posted 24 de maio de 2021 at 05:31

    Por isso que esses ministérios de dança nunca me agradaram, lá no fundo sempre achei estranho e desnecessário.

    • Post Author
      Teóphilo Noturno
      Posted 24 de maio de 2021 at 09:36

      A Palavra é uma só para todos — jovens ou velhos, gentios ou judeus. Por isso as Escrituras registram:

      Então, disse Jesus aos judeus que haviam crido nele:
      “Se permanecerdes na minha Palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”
      (João 8:31-32 – KJA)

      Seu comentário revela que o Espírito Santo estava atuando em você, mas muitos não dão ouvidos por pensar que “se todo mundo está fazendo, então quem sou eu para ir contra?”.
      Nisso a apostasia chegou.

      Seja bem vinda e sinta-se à vontade para comentar, compartilhar e sugerir: o Senhor te preserve!

      • El Misionero Matsuura Junichiro
        Posted 24 de maio de 2021 at 11:54

        Ministérios de dança só servem para “enfeitar o pavão”.

  • El Misionero Matsuura Junichiro
    Posted 24 de maio de 2021 at 11:53

    Miriã dançou. Maria não. Davi dançou. Paulo não. Não se dançava DENTRO do tabernáculo. Não se dançava DENTRO do templo. Não se dançava DENTRO das igrejas do começo do século. Ou seja, NÃO EXISTE nenhuma justificativa para a existência de “ministérios de ‘dança profética'” no meio da igreja. Difícil é fazer os “cabeças de bacon” compreenderem isso. E quanto ao linho finíssimo, entende-se claramente que o autor se refere, na verdade, a um linho de QUALIDADE SUPERIOR ao habitual. Tipo a diferença entre a farinha que o povo usava normalmente na culinária, e a chamada flor de farinha, que, em sendo obviamente de qualidade superior, era previamente requerida por DEUS entre as ofertas ao templo.

  • El Misionero Matsuura Junichiro
    Posted 28 de maio de 2021 at 17:28

    Difícil é explicar para quem só deseja rodopiar feito um bando de galinhas bêbadas, ou sair pulando como um bando de macacos noiados, e acha que isso é santidade. Inventam um bando maluquices com o objetivo de “atrair os jovens”, encher a igreja de pecadores, e de pessoas que, de outra forma, não entrariam nas igrejas. Os “mantos de Labassurionderrébia”, de “Trepanavassoricantarébia”, e demais “cabeças de bacon”, não conseguem entender que isso só atrai as moscas para a “luz”, mas não as tira da “br’osta”. Enfim, não muda a forma de ser, agir, falar, e de pensar das pessoas. Não tira do coração delas o “prazer” pela prática do pecado.

Leave a comment

PESQUISAR