Skip to content Skip to footer

A Tautologia de Apocalipse 14

A Quem Já Está Destinado O Terrível "Cálice da Ira"?

Após conhecer o testemunho de alguns mártires cristãos e diante dos dias trabalhosos pelos quais muitos de nós têm passado, decidi que já era hora tentar de transmitir às minhas crianças a importância de nunca, em hipótese alguma, negar a fé em Deus e no Senhor Jesus Cristo.
Achei por bem começar explicando a transitoriedade da existência material e o poder supremo do Senhor sobre a vida e a morte e, apesar de complexa e chocante, escolhi a seguinte passagem:

E vi tronos;
e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar;
e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus,
e que não adoraram a besta, nem a sua imagem,
e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos;
e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.

(Apocalipse 20:4)

Tudo bem que a primeira coisa que precisei explicar foi o significado de “degolados”, mas a rainha de “Alice no País das Maravilhas” e seu “cortem as cabeças!” facilitou o trabalho.
A segunda questão — por que alguém forçaria pessoas a negar ao Senhor Deus? — acabou me levando até 2 Tessalonicenses 2 e depois a Apocalipse 14, o que gerou a melhor e mais espontânea pergunta de todas:
— Mas papai, não seria só dizer que não acredita em Deus, mas depois continuar acreditando?

Pedro pôde incorrer nesse erro por três vezes consecutivas e isso pesou muito em sua consciência.
No decorrer da história podemos encontrar relatos de vários episódios onde foi conveniente ou necessário proferir uma falsa negação, se mentir a respeito da fé ou, ao menos, não confirmar através da omissão… o problema é que muitos se acostumaram tanto com isso que já passaram a considerar tal recurso extremo como plenamente aceitável!

Este final de semana mesmo, quando postei nas redes sociais sobre o ato de coragem do pastor Richard Wurmbrand diante da, no mínimo, covardia de outros líderes eclesiásticos, recebi o curiosíssimo comentário que pode ser visto na imagem ao lado.

Estamos vivendo na era da mentira, onde a virtualização da realidade permite que ocultemos nossa real aparência, nossa real índole, nossas reais intenções… mesmo sem que exista uma sólida razão para isso!

Eu próprio — antes de ser publicamente cancelado (devo ter sido um dos primeiros a ter passado por isso, que hoje se tornou moda) pelo diabólico Danilo Fernandes e seus amigos — só me manifestava acerca de minha fé utilizando o pseudônimo que atualmente continuo usando apenas para efeito de reconhecimento pelos antigos leitores e distinção entre os tantos conteúdos que publico: a mim foi necessário, pois ainda não estava pronto para suportar as discussões nas quais acabava me envolvendo e, no final das contas, acabou não adiantando pra nada!

E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro:
Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes?
E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.
Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me?
Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.
Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me?
Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me?
E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo.
Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.

(João 21:15-17)

É maravilhoso constatar que Pedro acabou recebendo a oportunidade de se reabilitar através do próprio Senhor Jesus Cristo, já ressuscitado, que por iguais três vezes lhe permitiu afirmar seu amor pro Ele.
Eu — não sendo doutorado, não sabendo enrolar nem perdendo tempo com expectativas de ser escolhido para figurar em alguma coalizão de intelectuais ou coisa parecida — me encontrando diante desses dias de abrangente aflição como nunca houve na história da humanidade, também optei por me lançar à exposição de tudo o que não vejo ser comumente dito, seja por ganância das lideranças, seja por medo de enfrentar os demônios politicamente corretos…

Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai.
Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele.
Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.

(João 8:44)

Há quem passe a vida inteira falando de um “deus banana” que é só amor sem julgamento nem ira, que todos serão perdoados no final das contas… que nem inferno existe!!
Sequer vou debater tentando convencê-los do contrário e, na verdade, nem tenho o que conversar com gente que pensa dessa forma: a mim só resta crer no que está exposto na Palavra de Deus, profeticamente e, como na passagem a seguir, sem muitas atenuações possíveis:

E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz:
Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão,
Também este beberá do vinho da ira de Deus,
que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira;
e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro.
E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre;
e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem,
e aquele que receber o sinal do seu nome.

(Apocalipse 14:9-11)

Não estou aqui, nessa postagem, para discutir qual será o sinal do nome da besta… muito menos para tentar distinguir se o arrebatamento vai ocorrer antes ou depois disso: Apocalipse 20, transcrito no início da postagem, deixa mais do que claro que haverão santos decapitados por não receber esse sinal!!
Então, se o presente conselho não for servir a nenhum dos atuais santos (que não estarão mais aqui por terem sido arrebatados antes da tribulação), vai ser útil aos que terão se convertido — e por isso também serão chamados santos — após o arrebatamento:

Sendo cristão, sob nenhum pretexto abandone sua fé ou cogite negar o Senhor Jesus Cristo… mesmo que isso possa custar sua vida: muito em breve custará!

Se a negação ao Senhor se tornar condição precedente ao recebimento de qualquer coisa — seja vacina, chip… marcação por ferro em brasa! — cujo não recebimento implique em execução, a tabela-verdade desse evento não deixa de levar em consideração que mentir é, imediatamente, servir ao diabo!
Então:

CONDIÇÃORESPOSTAMARCAÇÃOSTATUSDESTINO
ÍMPIONEGAÇÃORECEBEVIVECONDENAÇÃO
CRISTÃO
“ESPERTINHO”
NEGAÇÃORECEBEVIVECONDENAÇÃO
ÍMPIO
ARREPENDIDO
RECONHECENÃO RECEBEMORRELUCAS 23:43
CRISTÃONÃO NEGANÃO RECEBEMORREAPOCALIPSE 14:13

Podem ter certeza de que a última linha também me causou grande estranheza, mas lembrando da parábola dos trabalhadores da última hora (Mateus 20:1-16), da controversa conversão do apóstolo Paulo e de um dos criminosos que estava ao lado do Senhor Jesus Cristo na cruz… nem vou ficar arrumando argumentos contrários ou favoráveis, pois, afinal, a pessoa até vai ter levado a vida de modo pecaminoso, mas ao final vai aceitar morte imediata por reconhecer seus caminhos errados.

Essa será a única ocasião da história em que viver implicará em morrer e a morte, pela fé e totalmente diferente de um suicídio, terá as seguintes consequências:

Aqui está a paciência dos santos;
aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.
E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve:
Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor.
Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos,
e as suas obras os seguem.

(Apocalipse 14:12-13)

Enfim, posso até estar me preocupando demais por tentar introduzir conceitos tão longínquos às mentes infantis, especialmente diante das palavras do próprio Senhor:

Jesus, porém, disse:
Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim;
porque dos tais é o reino dos céus.

(Mateus 19:14)

Mas de qualquer forma toda essa análise pode servir para auxiliar aos que vierem depois, talvez quando nem eu mesmo, arrebatado ou decapitado, esteja mais aqui.

Enfim, se desde a década de 1950 os comunistas já estavam infiltrando empresas eclesiásticas com seus agentes a fim de contaminar o evangelho genuíno, tudo o que venho registrando desde o início de minha militância é apenas a comprovação de que estão sendo extremamente bem sucedidos, pois qualquer pastor afeto às doutrinas vermelhas nunca será nada mais que um vil servo de Satanás.
Tenho dito.

Li “Torturado Por Amor A Cristo“, do pastor Richard Wurmbrand, em menos de 5 horas e ao mesmo tempo que fiquei maravilhado por minhas conclusões acerca das doutrinas vermelhas serem idênticas às quais o autor chegou através das dolorosas experiências práticas, fui quebrantado pelo testemunho dos mártires e envergonhado por ter chegado a reclamar de minhas dificuldades financeiras… que são nada perto da tortura e da morte que aqueles cristãos sofreram em nome da fé!

Aqui quem escreve é o velho Teóphilo Noturno e prossigo, contra todas as adversidades, tentando alcançar — todas as terças e quintas pela noite — unidades desorientadas (e, quiçá, até as atualmente em poder do inimigo) através dos informes consolidados e atualizados que chamo d’O Pior Evangelho do Mundo.

Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios 6: 23-24: que a graça e a paz sejam conosco, todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade, hoje e para todo o sempre!

Ficou querendo ver melhor a imagem de abertura?

Por favor, curta e compartilhe
para alcançar mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

OUTROS TEXTOS DO MESMO AUTOR

Leave a comment

PESQUISAR