Skip to content Skip to footer

Possessões (Final)

Eles Estão No Meio de Nós

ANTES DE PROSSEGUIR, POR FAVOR, VEJA ESSA IMPORTANTE INFORMAÇÃO

OBRIGADO PELA ATENÇÃO. ABAIXO ESTÁ O CONTEÚDO QUE BUSCOU:

O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo,
mas o que profetiza edifica a igreja.
E eu quero que todos vós faleis em línguas,
mas muito mais que profetizeis;
porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas,
a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação.

(1 Coríntios 14:4-5)

FALANDO ENROLADO

Continuando exatamente de onde parei na parte anterior, não duvido do dom de línguas e, para esclarecer tal questão, indico um excelente estudo (em QUATRO PARTES!) de Walter Andrade Campelo, do qual vou transcrever apenas um pequeno trecho:

Já o dom de falar várias línguas (diversidade de línguas, existentes e inteligíveis, como relatado em I Coríntios) é algo que acompanha algumas pessoas até os dias de hoje, assim como também ocorre com o dom da palavra ou com o dom do ensino ou ainda com o dom de repartir liberalmente o que se tem.

Entretanto, mesmo tendo isto em mente, vemos que existem várias passagens, relatando dons espirituais, que foram escritas após 56 d.C., onde o dom de línguas não é mencionado (…), sendo assim, não haveria mais a prática deste dom na Igreja, pelo menos não como algo comum.

Podemos, entretanto, vê-lo ainda hoje em ação quando, por exemplo, há alguém que tenha a facilidade de aprender línguas, como o italiano ou seus diversos dialetos, e pregar em italiano, ou aprender alemão, e pregar em alemão, e que se disponha a assim agir para glória de Deus e edificação do corpo de Cristo.

O Falar em Línguas, Hoje — Walter Campelo Andrade

Diante dessas informações, o que podemos fazer quando nos deparamos com alguém que nos confronta dizendo: “eu recebi o dom de línguas”?
Em primeiro lugar preste atenção na postura que tais pessoas geralmente assumem: um orgulho por apresentar um dom que emula suposta “intimidade” com o Senhor Deus, uma exibição de “superpoder” como se a pessoa soubesse algum segredo que não foi revelado na Bíblia e Deus, sendo estranhamente parcial, o tenha reservado apenas àqueles que Lhe são “próximos”?
Tais atitudes apenas permitem que sejam formuladas algumas perguntas.

A mais crucial: através dessas “línguas”, o que poderia ter sido revelado a eles que não esteja na Bíblia?
Essa passagem pode nos ajudar com a resposta:

Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.
Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo.
Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.

(Gálatas 1:8-9)

Ora, isso coloca quaisquer manifestações de línguas estranhas numa situação delicada, pois se o que “dizem” está na Bíblia, todo o teatro dramático que se monta nesses momentos se torna patético, assim como desnecessário qualquer segredo em torno do conteúdo.
Por outro lado, se as palavras ditas não estão na Bíblia… então a coisa vai ficar bastante mais dramática para o canalizador da revelação:

Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que,
se alguém acrescentar a estas coisas,
Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro.

(Apocalipse 22:18)

Se formos observar com atenção, esse “dom” questionável não tem prestado para muita coisa em nossos dias, pois tanto a apostasia já está consolidada quanto, curiosamente, as empresas eclesiásticas onde ocorrem mais divisões (ou seja, o surgimento de novas “denominações”) são majoritariamente as adeptas desse sistema místico: são tantas as “biroscas gospentecas” que, sem lugar adequado para se estabelecer, estão tendo até que alugar imóveis residenciais para poder praticar suas gritarias, repetições e pregações de promessas veterotestamentárias que, apesar de excelentes ilustrações sobre a fidelidade a Deus, não passam de mentiras quando oferecidas como promessas aos gentios.

Outra questão a observar é o fato de que a gritaria incomoda a vizinhança que, por medo de alguma “praga”, se cala.
Porém, mesmo que reclamem (como foi o meu caso), os políticos não querem se indispor com sua massa ignorante de manobra eleitoral e o nome verdadeiro disso é imoralidade fora da lei, porém, se formos confrontá-los com a verdade dos fatos e da Palavra, corremos risco de nos tornar alvos de suas “orações de combate” — seria a nova versão da antiga “reza braba”? — onde qualquer um que venha a discordar de suas aberrações é qualificado como “filho do diabo” ou pior…

Pelas atitudes descritas, fica fácil reconhecer quem está servindo ao diabo nesses casos!
Mas a revelação da Bíblia é tão perfeita que até a arrogância dessas pessoas já estava prevista:

Estes, porém, dizem mal do que não sabem;
e, naquilo que naturalmente conhecem, como animais irracionais se corrompem.
Ai deles!
Porque entraram pelo caminho de Caim,
e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão,
e pereceram na contradição de Coré.
Estes são manchas em vossas festas de amor,
banqueteando-se convosco,
e apascentando-se a si mesmos sem temor;
são nuvens sem água, levadas pelos ventos de uma para outra parte;
são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas;
Ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações;
estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas.
E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo:
Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos;
Para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios,
por todas as suas obras de impiedade, que impiamente cometeram,
e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele.
Estes são murmuradores, queixosos da sua sorte, andando segundo as suas concupiscências,
e cuja boca diz coisas mui arrogantes,
admirando as pessoas por causa do interesse.
Mas vós, amados,
lembrai-vos das palavras que vos foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo;
Os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências.
Estes são os que causam divisões, sensuais, que não têm o Espírito.

(Judas 1:10-19)

Está escrito lá, na Bíblia, sem precisar traduzir línguas estranhas nem nada!
Precisa ser mais claro?

E não é necessário ir muito longe para descobrir que a maioria desses são os mesmos que também ficam caindo pelo chão e se denominando através de um dilema anacrônico: ou não sabem no que creem ou mentem acerca de sua idade, pois quem testemunhou o Pentecostes deve ter, no mínimo, mais de dois mil anos… é uma simples questão cronológica!

De qualquer forma, não estou apontando especificamente todas as pessoas que se afirmam “pentecostais”, pois há MUITA gente boa que prefere continuar sustentando uma bandeira teológica denominacional, como se o ato de ser cristão dependesse disso…
Apenas para deixar o registro de uma contraparte: ser “batista” também não tem adiantado de muita coisa, pois sob essa “bandeira” (da qual já fiz parte…) podemos encontrar variados absurdos heréticos com o selo “Batista”, como as emprejas da Lagoinha, da Água Branca e Getsêmani, assim como o senhor Rick Warren, um dos maiores criadores e divulgadores de abominações contemporâneas.
Para incluir outros “tradicionais”, podemos citar alguns presbiterianos como o possesso pelo espírito da política e mentiroso Caio Fábio, assim como o possesso pelo espírito de Sodoma, Marcos Gladstone, que, para atender essa geração degenerada, acabou abrindo sua própria igreja… digo, empresa eclesiástica “inclusiva”.

Nada impede que qualquer um com alguma ideia aberrante possa abrir sua empresa eclesiástica — que chamo também de “empreja” —, que o diga o pessoal da Bola de Neve (que batiza jovenzinhas de fio dental em parque aquático) e da Missão Praia da Costa (que já colocou até homens de cueca dançando na frente do público): tudo para “atrair a juventude” ou “suprir a demanda do mercado”!!!
A lista das instituições criadoras e divulgadoras de invenções heréticas é interminável e, não resta mais dúvida, muito maior do que as poucas que devem estar sofrendo para manter a sanidade bíblica, pois até isto foi profetizado:

Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina;
mas, tendo comichão nos ouvidos,
amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;
E desviarão os ouvidos da verdade,
voltando às fábulas.

(2 Timóteo 4:3-4)

Fiz questão de registrar que não sou cessacionista, que não declarei guerra aos pentecostais e muito menos sou contra a Igreja, mas faço questão de registrar que, atualmente, congregar pode ser arriscado.
Negar os fatos expostos acaba caracterizando também a insidiosa possessão intelectual.

CONCLUSÕES

A maioria das evidências relacionadas ao longo de todas as partes desse estudo JÁ FORAM EXPOSTAS, bastando, para comprovar, que se verifiquem os links inseridos através de todo esse estudo para conhecer cada abordagem mais detalhadamente, ou seja: não temos novidade alguma e compilei tudo isso em um estudo por uma boa razão:
Sabendo que as pessoas de hoje são mentalmente preguiçosas — particularmente os intelectualmente possessos —, ter um link ao qual enviá-los quando algum deles repetir a mesma pergunta pela milionésima vez, já que nem a capacidade de pesquisar no Google eles parecem ter!!

Esse é um texto de referência que você também poderá indicar a cada vez que se deparar com quaisquer questões relativas ao conteúdo aqui apresentado, de modo que o possesso — intelectual ou emocional — tenha uma chance de reconhecer a descrição de seu próprio comportamento e, quiçá, através da exposição da genuína Palavra de Deus, possa ser trazido ao arrependimento pelo Espírito Santo, que é o único responsável por convencer os pecadores sobre o pecado, a justiça e o juízo.
Ao nomear as tantas ações satânicas aqui relacionadas como “ação do Espírito Santo”, os “evangélicos crentes gospel” acabam incorrendo em outro erro grandioso, pois já estava escrito:

Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal;
que fazem das trevas luz, e da luz trevas;
e fazem do amargo doce, e do doce amargo!

(Isaías 5:20)

Isto posto, doravante vou destacar as passagens bíblicas que expõem a real condição espiritual de grande parte das pessoas que atualmente se identificam como “povo de deus” ou “filhos de deus”:

NEGAM JESUS CRISTO

Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens,
eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus.
Mas qualquer que me negar diante dos homens,
eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus.

(Mateus 10:32-33)

Muitos dirão: “mas nós não negamos Jesus! Pelo contrário, nós proclamamos seu nome!”
Talvez seja necessário relembrar a estas pessoas uma das formas mais exatas através da qual o próprio Senhor Jesus Cristo se definiu:

Disse-lhe Jesus:
Eu sou o caminho, e a verdade e a vida;
ninguém vem ao Pai, senão por mim.

(João 14:6)

Ora, acerca do “caminho”, ele definiu:

Entrai pela porta estreita;
porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição,
e muitos são os que entram por ela;
E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida,
e poucos há que a encontrem.

(Mateus 7:13-14)

Sabendo de que o caminho é apertado, talvez seja necessária uma plena compreensão do que possa ser “a verdade”… vamos relembrar?

Santifica-os na tua verdade;
a tua palavra é a verdade.

(João 17:17)
ENTENDER ESSE DIAGRAMA PODE TE REVELAR QUEM É CRISTO!

Acho impressionante como as citações bíblicas neotestamentárias mais importantes fecham um “ciclo” em torno da identidade do Senhor Jesus Cristo e, portanto, do próprio Senhor Deus: Ele É a própria Palavra! Quem sair dela, por qualquer motivo ou intenção bondosa que se alegue… estará automaticamente negando tudo aquilo em que finge crer!

Em outras palavras: aparência de piedade, mas negação do verdadeiro poder!

CICLO VICIOSO DE IMPRUDÊNCIA E ESCÂNDALOS

Usando a imagem de Cristo crucificado, indivíduo se manifesta através de ofensas: apesar do impacto da primeira resposta, cristão genuíno tenta transmitir a Palavra. Eu, que evito discussões, só reagi e capturei…
POSSESSO INTELECTUAL
AO SABER QUE SÓ ISRAEL É
“A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR”

Há muitos que são totalmente incapazes de discernir entre a Igreja e as franquias denominacionais com suas empresas eclesiásticas, não enxergando diferença entre estatuto doutrinário e Palavra de Deus.
Pessoas que não fazem questão alguma de conhecer a Bíblia por si mesmas, se contentando a acatar qualquer coisa que emanar de seus líderes, homens comparados a anjos e tão inerrantes quanto o papa católico.
Gente covarde que não exerce sua convocação bíblica ao discernimento, preferindo dedicar cegamente a homens a confiança que deveria ser exclusivamente depositada no Senhor Deus…
Dentre esses é muito comum — e até esperado — que surjam os escândalos, pois suas boas intenções, se não direcionadas pelo verdadeiro Espírito Santo, descambam para o fanatismo e a incoerência.
(Explicação da imagem ilustrativa: usando a imagem de Cristo crucificado, indivíduo se manifesta através de ofensas e, apesar do impacto da primeira resposta, cristão genuíno tenta transmitir a Palavra. Eu, que evito discussões, só reagi e capturei…)

Há alguns que conseguem até transpor esse “primeiro degrau” sem perder a fé durante o processo: já detectei a existência de muitos sites sensacionalistas e humorísticos se afirmando “cristãos”, mas que apenas se prestam a publicar escândalos, comportamentos ridículos e aberrações, servindo somente para manter aqueles que passaram do “primeiro nível” alegremente alienados, sentindo-se representados por gente tão “corajosa” e divertida… mas que, na verdade, se mantêm estagnados, sorridentes e aquiescendo com o comportamento inconveniente, muitas vezes até satânico, das mentes por trás de mais um engano.

Nada há de novo debaixo do sol.
Por minha vez e ao contrário da maioria dos meios de expressão gospel existentes, não pretendo ficar fazendo sensacionalismo a cada louco herege que aparecer, pois creio já haver ensinado como identificar e classificar os que agem dessa forma aos leitores que me acompanham.
A palavra profética já foi dada:

Sabe, porém, isto:
que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos,
mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela.
Destes afasta-te.
Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;
Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.
E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade,
sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.
Não irão, porém, avante;
porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles.

(2 Timóteo 3:1-9)

Por favor, atentem para os trechos grifados!
Não estou aqui para ficar manipulando ninguém, mas para apresentar perspectivas bíblicas sobre as quais refletir, visando não servir a alguma denominação específica, mas fraternalmente a todos os cristãos, supondo-os equivalentes tanto em discernimento quanto em capacidade de arrependimento… não para ficar tendo que entrar em discussões para defender ninguém ou precisando analisar cada musiquinha herética ou insanidade teológica que surja pelo mundo!
Costumo responder sempre de bom grado a qualquer primeiro contato e às novas questões que podem surgir, mas há algumas pessoas em que acabo identificando um grande vazio, como se nunca houvessem realmente prestado atenção a nenhuma das informações que recebeu, sempre fingindo que aprendem, mas nunca chegando ao pleno conhecimento da verdade para poder caminhar com suas próprias pernas!

Já aconteceu de, após uns dois anos de contato, um jovem que se fazia passar por defensor da Palavra a ponto de publicar um blog e, de repente, revelou que nada daquilo que se esforçava para aparentar era real: tinha dúvidas profundas e que nunca se resolveram, a despeito da constante exposição da Verdade diante de seus olhos…
A Bíblia explica:

Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura;
e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.
Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo?
Mas nós temos a mente de Cristo.

(1 Coríntios 2:14-16)

Há muitos se identificando como e QUERENDO ser cristãos, mas, conforme se sucedem episódios semelhantes ao citado, vou descobrindo que, conforme apresenta a Palavra, há gente que simplesmente não nasceu para isso!
Provavelmente alguém vai querer me acusar de seguir alguma dessas linhas autorais com as quais sempre evito me identificar, mas “ser bonzinho”, “frequentar igreja” e usar uma fraseologia “gospel” bonitinha, mesmo que pela vida inteira, não é nem nunca foi — biblicamente falando — garantia de salvação!
Não adianta nem mesmo fazer milagres e expulsar demônios… se não há o verdadeiro conhecimento de Deus através de Sua Palavra!

Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus,
mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia:
Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome?
e em teu nome não expulsamos demônios?
e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente:
Nunca vos conheci;
apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.
Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica,
assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha.

(Mateus 7:21-24)

Está claro: SÓ QUEM ESCUTA A PALAVRA É PRUDENTE!!!

CHEIOS DO ESPÍRITO DO ANTICRISTO

Amados, não creiais a todo o espírito,
mas provai se os espíritos são de Deus,
porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.
Nisto conhecereis o Espírito de Deus:
Todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus;
E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus;
mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir,
e eis que já está no mundo.

(1 João 4:1-3)

Diante de tudo o que foi exposto, deveria ter ficado mais do que evidente a negação da Palavra por um número absurdo de professos “cristãos” e, ligando os pontos, se Cristo é a Palavra, a ignorância dela é a confissão de qualquer outra coisa, menos da Verdade!

Ao rejudaizar os gentios, cujo ÚNICO caminho para a salvação só pode ser trilhado mediante o conhecimento de Cristo, aqueles que assim atuam não os submetem à perfeita vontade de Deus, mas ao espírito do anticristo.
Para todos esses que ficam se valendo de óleos, unções e misticismo, apresento um vídeo bem claro da atual posição dos judeus em relação ao Senhor Jesus:

Observem que não estou me posicionando contra os judeus e muito menos querendo pregar o antissemitismo: eles são povo escolhido de Deus e, na hora certa — e APENAS NA HORA CERTA!!! — o próprio Senhor vai lidar com eles.
Até lá, simplesmente por negar a graça do Senhor Jesus Cristo, muitas gerações desse povo se perderam e perderão pela teimosia de continuar querendo viver debaixo da Lei: tenho pena, mas até compreendo essa resistência, pois eles testemunharam por muito tempo a atuação direta do Senhor Deus e não se contentaram em “perder” aquela forma de religião…
O mais ridículo de tudo isso é que nos deparamos com gentios querendo ser chamados de “levitas”, como se fossem descendentes diretos da tribo de Levi…
Talvez este tipo de ignorância seja apenas comparável ao “preciosismo” daqueles que teimam em querer encontrar o suposto “nome original” (em hebraico, óbvio!), que seria o único através do qual poderíamos nos referir ao Filho Unigênito do Deus Criador de todo o universo.

Do mesmo modo estão se tornando os cristãos gentios, que ficam se repetindo acerca de uma “nova reforma”… que NUNCA VIRÁ!!!
Temo que essa ladainha repleta de aparente boa vontade acabe não passando de outra modalidade de possessão intelectual… e olha que há muita gente boa marcando passo nesse assunto, como se Deus fosse anacrônico: essa graça vai acabar!!!
O fim está bem ali, virando a esquina… e ainda vemos gente querendo submeter gentios a um inexistente e inválido modelo judaico de religião, que nem mesmo reconhece o Senhor Jesus Cristo como o Filho de Deus.

E “O MUNDO”?

Conforme provei através de todos os exemplos citados, tudo indica que já passamos da apostasia e vivemos o chamado “princípio das dores”, ou seja, satanás já exerce domínio sobre muitos daqueles que deveriam ser Igreja, mas não passam de emprejas.

Para quem atentou, não me dei ao trabalho de expor a possessão que já ocorre no mundo, porque este jaz no maligno: nunca, em âmbito planetário, houve tanta e ampla degradação, em TODOS OS ASPECTOS, do ser humano!
Me permitam destacar os sinais mais óbvios que me ocorreram:

  • Qualquer tema lascivo ou obsceno ganha, praticamente de forma imediata, destaque na mídia: sejam prostitutas glorificadas ou uma nojenta proposta sexual — “ai se eu te pego”, que faz até crianças simular o movimento de uma penetração — tudo o que não presta tem grande probabilidade de virar moda e ganhar o mundo!
  • Levando em conta que alguns ritmos contribuem grandemente no processo que leva à alteração do estado natural de consciência, nem mesmo os próprios macumbeiros escutavam tanta macumba quanto os “funkeiros”: temos uma incontável legião de possessos que fica ouvindo, no volume máximo, lixo pornográfico / violento — sem melodia ou harmonia — gemido por vagabundas roucas ou gritado em forma de palavras de ordem por aspirantes a marginal.
    E os governos vermelhos, obviamente, estabeleceram através de lei que essa aberração é “manifestação cultural” …
  • Sodoma já se impôs por força de lei e, óbvio, com todo o apoio do Estado e da imprensa.
  • A política e os políticos, de direita ou de esquerda… simplesmente se tornaram em sinônimo para corrupção e imoralidade.

Essa lista é, na verdade, praticamente infinita e tenho certeza de que os leitores poderão acrescentar muitos outros itens a ela…
Tanto esses listados quanto os possessos que fingem (até para si mesmos!) ser cristãos serão responsáveis pelo cumprimento de uma profecia registrada pelo próprio Senhor Jesus Cristo:

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão;
e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.
Nesse tempo muitos serão escandalizados,
e trair-se-ão uns aos outros,
e uns aos outros se odiarão.
E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.
E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.
Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.
E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações,
e então virá o fim.

(Mateus 24:9-14)

Tudo o que escrevo nunca foi novidade, pois é, majoritariamente, baseado e plagiado descaradamente daquele velho livro preto que muitos e cada vez mais gente odeia.
A proposta original de Deus sempre foi a seguinte:

Porque esta palavra está mui perto de ti,
na tua boca, e no teu coração,
para a cumprires.
Vês aqui,
hoje te tenho proposto a vida e o bem, e a morte e o mal.

(Deuteronômio 30:14-15)

Essa mesma proposta nos é ofertada — de modo ainda mais simples e menos ritualístico — agora, através da graça: quem quiser se aliar, seja bem-vindo. Quem quiser continuar sua rotina de possesso emocional ou intelectual… fique à vontade e seja feliz!

Quem é injusto, faça injustiça ainda;
e quem está sujo, suje-se ainda;
e quem é justo, faça justiça ainda;
e quem é santo, seja santificado ainda.

(Apocalipse 22:11)

Da próxima vez que encontrarmos qualquer um aparecer em rebelião contra a exortação bíblica, é só mandar direto para essa postagem… e NUNCA MAIS precisam ficar repetindo os mesmos argumentos de sempre, pois:

Ao homem herege,
depois de uma e outra admoestação, evita-o,
Sabendo que esse tal está pervertido, e peca,
estando já em si mesmo condenado.

(Tito 3:10-11)

Aqui quem escreve é o velho Teóphilo Noturno e prossigo, contra todas as adversidades, com meus informes atualizados e consolidados, tentando alcançar — nas noites de terças e quintas — unidades desorientadas e até, talvez, atualmente sob domínio do inimigo.
Ao conteúdo que produzo chamo d’O Pior Evangelho do Mundo e sinceramente espero que essa publicação tenha promovido reflexão e colaborado para sua edificação: sempre busco exclusiva e sólida base bíblica, sendo totalmente desvinculado de qualquer franquia de empresas eclesiásticas ou emprejas em particular.

Em 2018 o Senhor permitiu que a surdez me tocasse e, a despeito de minha fé e todos os esforços pessoais que realizei, as necessidades cotidianas e as contas não cessam, colocando a mim e minha família em sérias dificuldades financeiras, especialmente após a morte de minha mãe.
Diante disso, não me envergonho ao pedir seu auxílio para suprir necessidades diversas que vão de comida e remédios até custeio de domínio e hospedagem.

NÃO É SUA OBRIGAÇÃO me ajudar, mas tenha certeza de que qualquer doação efetuada irá proporcionar não apenas recursos materiais, mas também tempo para me dedicar a estudar, escrever e produzir conteúdo ainda mais relevante para a edificação dos leitores.

Compartilhar as publicações já ajuda, mas tendo recursos e desejando colaborar financeiramente — com qualquer valor! — minha chave PIX principal é [email protected] e essa imagem é meu QR code: o nome de confirmação é Geovane Ignácio de Souza e o trecho do CPF a aparecer deve ser o “927.157“, sendo realizada uma movimentação destinada ao Nubank

Destaco que, por mais que queira, não tenho em mim mesmo a menor capacidade de forçar o Pai a te abençoar por sua generosidade, mas oro a Ele pedindo que, no tempo certo e na medida multiplicada, retribua a bondade realizada da maneira mais adequada: não apenas na restituição multiplicada do valor doado, mas também através dos mais diversos livramentos e bênçãos que, em minha limitação humana, sequer posso imaginar antecipadamente, mas que já estavam nos planos do Todo-Poderoso Deus desde antes da fundação do mundo.

Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios 6: 23-24: que a graça e a paz sejam conosco, todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade, hoje e para todo o sempre!

Ficou querendo ver melhor a imagem de abertura?

Esse texto te edificou? Fez refletir?
Por favor, curta e compartilhe
para que alcance mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

Notificação De Postagens Por E-mail

Em 04 de outubro de 2021 algumas das maiores redes sociais passaram horas desligadas.
Há rumores de que um “GRANDE APAGÃO” será sucedido por OPRESSIVO CONTROLE SOCIAL virtual.
Não posso prever o real impacto, mas, caso seja possível, continuarei estudando e publicando sobre as Escrituras: inscreva-se para, a partir da próxima, receber notificação em seu e-mail a cada nova publicação n’O Pior Evangelho.

(CASO NECESSÁRIO, OPORTUNAMENTE SERÁ ENVIADO CONTEÚDO INTEGRAL)

OUTROS ESTUDOS DO MESMO AUTOR

Inscrição
Notificação de
guest
2 Comentários
Velhos
Mais novos Mais votados
Respostas inline
Ver todos os comentários
2
0
O que está achando? Por favor, comente!x