O Pior Evangelho Do Mundo

A Bíblia Nega A “Evolução” Do Ser Humano

OS OVOS DA SERPENTE

GRAMSCI E O SEQUESTRO DA EDUCAÇÃO

Ué? Mes­mo após as elei­ções você vai con­ti­nu­ar a escre­ver?!?
Sim, pois nun­ca esti­ve aqui ape­nas para anga­ri­ar votos (mes­mo ten­do sido ele­men­to de escla­re­ci­men­to e con­so­li­da­ção para alguns) nem ape­nas expor a malig­ni­da­de da esquer­da (coi­sa na qual eles pró­pri­os têm se supe­ra­do a cada dia): estou aqui para falar do incom­pre­en­di­do e, jus­ta­men­te por isso, con­tur­ba­do rela­ci­o­na­men­to entre o Senhor Deus e sua cri­a­tu­ra mais com­ple­xa, o ser humano.

Relem­bran­do que o “adi­ti­vo” — men­ci­o­na­do no pri­mei­ro capí­tu­lo— tan­to per­mi­te aque­les que o rece­bem com­pre­en­der as Escri­tu­ras quan­to a reco­nhe­cer suas limi­ta­ções: há coi­sas às quais o Cri­a­dor não nos deu aces­so e have­rão de ser conhe­ci­das ape­nas nos pós-cré­di­tos como, por exem­plo, a razão da exis­tên­cia do peca­do, pois todo o mal do mun­do só pas­sou a exis­tir após sua “inau­gu­ra­ção”, a saber, no pri­mei­ro ato comu­nis­ta de toda a his­tó­ria huma­na, des­cri­to no capí­tu­lo ante­ri­or!
Expul­sos do Éden, a expan­são demo­grá­fi­ca foi ocor­ren­do e isso impli­cou no sur­gi­men­to de vári­os e dis­tin­tos povos que ou des­co­nhe­ci­am ou opta­vam por, aber­ta­men­te, ser­vir a outros deuses.

Havia, é cla­ro, um povo esco­lhi­do e pro­te­gi­do por Deus, mas isso não evi­ta­va que o peca­do, incrus­ta­do em seu DNA des­de o peca­do ori­gi­nal, fizes­se suas apa­ri­ções até entre esses pri­vi­le­gi­a­dos: no esfor­ço para que algu­ma pure­za fos­se per­pe­tu­a­da, foram imple­men­ta­dos minu­ci­o­sos ritu­ais e pesa­das leis.
Para a ira de quem defen­de mino­ri­as, dívi­das his­tó­ri­cas e lega­dos cul­tu­rais, vejam alguns dos pro­ce­di­men­tos reco­men­da­dos em rela­ção a outros povos:

Quan­do o Senhor teu Deus te hou­ver intro­du­zi­do na ter­ra, à qual vais para a pos­suir, e tiver lan­ça­do fora mui­tas nações de dian­te de ti, os heteus, e os gir­ga­seus, e os amor­reus, e os cana­neus, e os peri­zeus, e os heveus, e os jebu­seus, sete nações mais nume­ro­sas e mais pode­ro­sas do que tu;
E o Senhor teu Deus as tiver dado dian­te de ti, para as ferir, total­men­te as des­trui­rás;
não farás com elas ali­an­ça, nem terás pie­da­de delas;
Nem te apa­ren­ta­rás com elas;
não darás tuas filhas a seus filhos, e não toma­rás suas filhas para teus filhos;
Pois fari­am des­vi­ar teus filhos de mim, para que ser­vis­sem a outros deu­ses;
e a ira do Senhor se acen­de­ria con­tra vós, e depres­sa vos con­su­mi­ria.
Porém assim lhes fareis:
Der­ru­ba­reis os seus alta­res, que­bra­reis as suas está­tu­as; e cor­ta­reis os seus bos­ques, e quei­ma­reis a fogo as suas ima­gens de escultura.

(Deu­te­ronô­mio 7: 1–5)

Linha dura: sem ali­an­ça, sem acor­do, sem mis­ci­ge­na­ção nem pre­ser­va­ção cul­tu­ral… espe­ci­al­men­te no aspec­to reli­gi­o­so.
Achou exa­ge­ra­do?
Pois nem assim fun­ci­o­nou!
O povo con­ti­nu­ou se envol­ven­do, se con­ta­mi­nan­do… e pou­co depois vamos encon­trar um exem­plo de ordem ain­da mais radi­cal, vejam:

Assim diz o Senhor dos Exér­ci­tos:
Eu me recor­dei do que fez Ama­le­que a Isra­el;
como se lhe opôs no cami­nho, quan­do subia do Egi­to.
Vai, pois, ago­ra e fere a Ama­le­que;
e des­trói total­men­te a tudo o que tiver, e não lhe per­do­es;
porém mata­rás des­de o homem até à mulher, des­de os meni­nos até aos de pei­to, des­de os bois até às ove­lhas, e des­de os came­los até aos jumentos.

(Samu­el 15: 2–3)

Há mis­té­ri­os de vida e mor­te que só o Cri­a­dor pode expli­car e pelos quais não evi­ta ser com­ple­ta­men­te res­pon­sa­bi­li­za­do, porém não estou aqui para fazer um estu­do minu­ci­o­so sobre tais pro­ce­di­men­tos e nem espe­cu­lar seu perío­do de vigên­cia… só sei dizer que essa prá­ti­ca aca­bou!
Espe­ci­al­men­te na par­te bíbli­ca conhe­ci­da como “Novo Tes­ta­men­to” hou­ve­ram cres­ci­men­to e mis­ci­ge­na­ção tão gran­des que se esse mode­lo fos­se per­pe­tu­a­do… sobra­ria pou­ca gen­te pra con­tar a his­tó­ria já des­de aque­la épo­ca: enquan­to os judeus assu­mi­ram o papel do filho pró­di­go, Cris­to che­gou para enxer­tar os ramos na oli­vei­ra, ajun­tar ani­mais do cam­po e dos bos­ques às ove­lhas e, ao se tor­nar o pri­mo­gê­ni­to den­tre os mor­tos, dar o pre­fi­xo para que o peca­do e suas con­sequên­ci­as sejam defi­ni­ti­va­men­te expur­ga­dos da cri­a­ção medi­an­te Seu retorno.

Ao con­trá­rio do que afir­mam os demo­nía­cos mani­pu­la­do­res de esquer­da, o Senhor Jesus Cris­to não veio para acoi­tar os peca­dos de nin­guém.
À mulher adúl­te­ra, após livrá-la do ape­dre­ja­men­to, dis­se:
“Vai-te, e não peques mais. Eu sou a luz do mun­do; quem me segue não anda­rá em tre­vas, mas terá a luz da vida.”
Antes dis­so, em ple­no sába­do (sagra­do para os judeus), após curar um homem que este­ve doen­te por 38 anos, tam­bém ensi­nou:
“Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suce­da algu­ma coi­sa pior.”
Essa cura foi atre­la­da a uma con­di­ci­o­nal que nin­guém gos­ta de res­pei­tar: mes­mo após um mila­gre, o retor­no ao com­por­ta­men­to peca­mi­no­so pode acar­re­tar em ALGO PIOR… o que quer que seja…
O Senhor Jesus tam­bém não saiu deses­pe­ra­do para ofe­re­cer novas opor­tu­ni­da­des ou cami­nhos alter­na­ti­vos ao jovem que não topou obe­de­cer às con­di­ções apre­sen­ta­das por Ele… e olha que era só se des­fa­zer das rique­zas…
(fico ima­gi­nan­do se fos­se algum des­ses atu­ais que se entre­ga ao con­su­mo de entor­pe­cen­tes ou ale­ga ter orgu­lho de suas abje­tas obs­ce­ni­da­des sexu­ais…)
Enfim, Cris­to foi bem cla­ro e, para evi­tar con­fu­são, vou trans­cre­ver o tex­to bíblico:

E dizia a todos:
Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mes­mo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.

(Lucas 9: 23)

Não cui­deis que vim tra­zer a paz à ter­ra;
não vim tra­zer paz, mas espa­da;
Por­que eu vim pôr em dis­sen­são o homem con­tra seu pai,
e a filha con­tra sua mãe,
e a nora con­tra sua sogra;
E assim os ini­mi­gos do homem serão os seus fami­li­a­res.
Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é dig­no de mim;
e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é dig­no de mim.
E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é dig­no de mim.

(Mateus 10: 34–38)

OS INIMIGOS DO HOMEM

E então, após esse rela­ti­va­men­te lon­go (mas deve­ras neces­sá­rio) pró­lo­go, che­ga­mos ao que pode­mos con­si­de­rar como o iní­cio des­se quar­to capí­tu­lo, que tem tudo a ver com alguns con­fron­tos fami­li­a­res ocor­ri­dos duran­te a dis­pu­ta elei­to­ral.
Os mais famo­sos — Ale­xan­dre Fro­ta, Kéfe­ra Buch­mann, Wil­son Wit­zel… — foram até expos­tos pela impren­sa, mas o núme­ro de con­fli­tos foi alar­man­te e, pior que isso, a inten­si­da­de do ódio por par­te de quem ale­ga pre­gar o amor e a demo­cra­cia é inver­sa­men­te pro­por­ci­o­nal à qua­li­da­de e à vera­ci­da­de dos argu­men­tos apre­sen­ta­dos: vimos jovens viven­do numa bolha de ilu­são dis­pos­tos até mes­mo a matar pela pre­ser­va­ção de sua “liber­da­de”.

Par­ti­cu­lar­men­te fui for­ça­do a tes­te­mu­nhar um cír­cu­lo vici­o­so de men­ti­ras alar­man­tes sen­do difun­di­do por jovens em ida­de esco­lar: coi­sas sobre o ter­ror de uma dita­du­ra que não vive­ram, ame­a­ças que não foram pro­fe­ri­das, medi­das que sequer foram toma­das… foi como se esti­ves­sem dro­ga­dos (ou pos­ses­sos) e ver­da­dei­ra­men­te cren­do em toda a babo­sei­ra que lhes era lan­ça­da, mes­mo que tais infor­ma­ções não tives­sem fun­da­men­to ou, pior ain­da, fos­sem cla­ra­men­te cri­a­ções malig­nas e mentirosas.

Pior ain­da foi atu­rar o “eu não avi­sei” e o “já come­çou” quan­do seus pró­pri­os com­pa­nhei­ros ver­me­lhos come­ça­ram a emu­lar todo o tipo de ata­ques de fal­sa ban­dei­ra ou se apro­vei­tar para mani­pu­lar quais­quer notí­ci­as para impu­tar cul­pa ao úni­co can­di­da­to que se opôs às ide­o­lo­gi­as ver­me­lhas.
Vou citar o exem­plo de um mes­tre de capo­ei­ra que assu­miu um com­por­ta­men­to cla­ra­men­te homo­fó­bi­co e opres­sor até que seu alvo, sem saber lidar com as ofen­sas, pro­mo­veu sua mor­te. Vejam o vídeo com o depoi­men­to do assassino:

A impren­sa e esses mili­tan­tes infer­nais con­ti­nu­am apre­go­an­do o vín­cu­lo des­se cri­me a uma supos­ta influên­cia da polí­ti­ca con­ser­va­do­ra, enquan­to sole­ne­men­te ocul­tam e igno­ram a mor­te de um elei­tor de direi­ta após ter sido espan­ca­do pelos insa­na­men­te vio­len­tos mili­tan­tes ver­me­lhos.

Enfim, a gros­so modo, a raiz des­sa ten­dên­cia por defen­der o mal e a men­ti­ra come­ça quan­do os pais, tra­ba­lha­do­res esfor­ça­dos, con­fi­a­ram o desen­vol­vi­men­to inte­lec­tu­al de seus filhos às ins­ti­tui­ções edu­ca­ci­o­nais cujo foco, por ori­en­ta­ção polí­ti­ca, dei­xou de ser a estri­ta pre­pa­ra­ção téc­ni­ca pro­fis­si­o­nal e pas­sou a que­rer não ape­nas influ­en­ci­ar, mas con­tro­lar o flu­xo de raci­o­cí­nio da juven­tu­de atra­vés de mano­bras soci­ais, psi­co­ló­gi­cas e, infe­liz­men­te, até por prá­ti­cas esotéricas.

ACUSE-OS DO QUE VOCÊ É! OCULTE-SE NA TURBA!

Que razão há para que o con­teú­do de qual­quer aula neces­si­te ser reves­ti­do de sigi­lo senão pela dou­tri­na­ção inde­se­ja­da pelos res­pon­sá­veis?
Seja ela polí­ti­ca, reli­gi­o­sa, ide­o­ló­gi­ca, sexu­al… qual­quer tipo de dou­tri­na­ção deve ser pri­mor­di­al­men­te cons­truí­da pelos pais e pelos res­pon­sá­veis do alu­no!
Se o que ocor­re em uma sala de aula não pode ser aces­sa­do a qual­quer momen­to, por qual­quer pes­soa… então aqui­lo sim­ples­men­te não pode ser con­si­de­ra­do como con­teú­do per­ti­nen­te para uma aula, espe­ci­al­men­te para cri­an­ças e jovens que ain­da não sabem dis­tin­guir ple­na­men­te o que é suges­tão, infor­ma­ção ou ordem!

Con­fes­so que, por bre­ves momen­tos, fiquei ale­gre por escu­tar que esta elei­ção apon­ta o fim do PT e do comu­nis­mo no Bra­sil, mas logo a rea­li­da­de veio me bus­car e, pen­san­do nas duas pas­sa­gens bíbli­cas que usei na aber­tu­ra des­se capí­tu­lo, che­guei a con­clu­são que nada vai mudar se não des­truir­mos o atu­al mode­lo de ensi­no, pois as esco­las e uni­ver­si­da­des estão sen­do uti­li­za­dos para per­pe­tu­ar todo o tipo de prá­ti­ca per­ni­ci­o­sa ver­me­lha… e sem dis­tin­ção entre pobres ou ricos, bran­cos ou pre­tos: bas­ta ingres­sar no cor­po dis­cen­te para ser sub­me­ti­do ao bom­bar­deio doutrinador.

Mani­pu­lan­do men­tes e infil­tran­do ati­vis­tas comu­nis­tas nos mei­os jor­na­lís­ti­cos, na mídia, na reli­gião, na polí­ti­ca e nos mei­os edu­ca­ci­o­nais, a dou­tri­na Grams­cis­ta cria uma homo­ge­nia soci­al, dá for­ma a ilu­são e edi­fi­ca a cren­ça de que uma gran­de men­ti­ra con­ta­da mil vezes, pas­sa a ser verdade.

No Bra­sil, os segui­do­res de Grams­ci rees­cre­ve­ram a His­tó­ria e a recon­ta­ram de for­ma vul­gar, con­tra­di­tó­ria e men­ti­ro­sa, sem­pre no intui­to de ilu­dir e de domi­nar as gran­des mas­sas, fazen­do o povo pen­sar que o comu­nis­mo e os comu­nis­tas sem­pre esti­ve­ram do lado do povo, lutan­do pelo povo e que por cau­sa des­ta luta, sem­pre foram per­se­gui­dos, tor­tu­ra­dos e con­de­na­dos ao sofri­men­to, bem como ao exí­lio de suas liber­da­des.
Fazem acre­di­tar, “aos pou­cos que ain­da se encon­tram inde­ci­sos”, que a gran­de mai­o­ria do povo os apoia, pois sem­pre esti­ve­ram ao lados dos pobres e dos tra­ba­lha­do­res, lutan­do pelos seus direi­tos e pelos seus ideais.

A Ver­da­de Que A Mídia Não Mostra

Uma pro­fes­so­ra por quem já tive mui­ta con­si­de­ra­ção — antes de iden­ti­fi­cá-la como pra­ti­can­te Wic­ca e aguer­ri­da defen­so­ra ver­me­lha — se mani­fes­tou de for­ma arro­gan­te, ques­ti­o­nan­do o que pode­ria ser imple­men­ta­do para subs­ti­tuir o “exce­len­te” mode­lo que é o Grams­cis­mo.
Ora, é só RETORNAR às prá­ti­cas de ensi­no foca­do na pre­pa­ra­ção pro­fis­si­o­nal, com direi­to à Mate­má­ti­ca, Quí­mi­ca, Por­tu­guês, Edu­ca­ção Moral e Cívi­ca, Orga­ni­za­ção Soci­al e Polí­ti­ca Bra­si­lei­ra… entre outras: tudo bem qua­dra­di­nho e objetivo!

A ques­tão é que enquan­to não for pro­mo­vi­da a trans­pa­rên­cia edu­ca­ci­o­nal e aca­dê­mi­ca, as ins­ti­tui­ções de ensi­no per­ma­ne­ce­rão sen­do o per­fei­to ninho onde as ser­pen­tes ver­me­lhas ino­cu­la­rão seus ovos nas men­tes da juven­tu­de e per­pe­tu­a­rão suas ide­o­lo­gi­as pelas gera­ções vin­dou­ras.
Fiz até um vídeo abor­dan­do essa ques­tão.

A LADAINHA DOS ANALFABETOS ÚTEIS

Logo após o encer­ra­men­to do pri­mei­ro tur­no elei­to­ral já come­ça­mos a ter mos­tras do abis­sal nível de estu­pi­dez dos par­ti­dá­ri­os ver­me­lhos quan­do inven­ta­ram um dos motes mais ridí­cu­los que já pude ver:
Se fere minha essên­cia, então serei resis­tên­cia

Qual­quer cris­tão, pri­mei­ra­men­te, deve ter ple­na cons­ci­ên­cia de sua essên­cia e Sal­mos 51:5 regis­tra que em ini­qui­da­de fomos, seres huma­nos, for­ma­dos e em peca­do nos con­ce­be­ram nos­sas mães; Gêne­sis 8:21 diz que a ima­gi­na­ção do cora­ção do homem é má des­de a sua meni­ni­ce e Pro­vér­bi­os 22:15 escla­re­ce que a estul­tí­cia está liga­da ao cora­ção da cri­an­ça, mas a vara da cor­re­ção a afu­gen­ta­rá dela.
Entre tan­tas pos­sí­veis refe­rên­ci­as, fica evi­den­te que a essên­cia huma­na não pres­ta e pre­ci­sa, sim, ser escul­pi­da, ades­tra­da… con­ti­da e, sobre isso, temos:

Por­que o Senhor cor­ri­ge o que ama,
E açoi­ta a qual­quer que rece­be por filho.
Se supor­tais a cor­re­ção, Deus vos tra­ta como filhos;
por­que, que filho há a quem o pai não cor­ri­ja?
Mas, se estais sem dis­ci­pli­na, da qual todos são fei­tos par­ti­ci­pan­tes,
sois então bas­tar­dos, e não filhos.

(Hebreus 12: 6–8)

Peço per­dão ante­ci­pa­da­men­te pelas pala­vras que uti­li­za­rei a seguir, mas são neces­sá­ri­as para que pos­sa alcan­çar uma defi­ni­ção per­fei­ta e sob uma pers­pec­ti­va estri­ta­men­te bíbli­ca e, espe­ci­al­men­te, cris­tã:
Todo espí­ri­to sebo­so que pen­sa estar sen­do revo­lu­ci­o­ná­rio e geni­al por se asso­ci­ar a essa modi­nha… está ape­nas dan­do um ates­ta­do de que, além de medío­cre — por não res­pei­tar a demo­cra­cia e, ain­da por cima, que­rer ver o mal da nação ape­nas para pro­var que tem razão — não pas­sa de um gran­des­sís­si­mo bas­tar­do ou, sem rodei­os, filho de pros­ti­tu­ta pron­to para ele­ger qual­quer dia­bo men­ti­ro­so e ladrão que apa­re­ça exa­lan­do fedor de foi­ce, mar­te­lo e enxofre.

CURIOSIDADE

Dei­xei algu­mas refle­xões para o encer­ra­men­to, pois há coi­sas onde mes­mo os conhe­ci­men­tos ates­ta­da­men­te cien­tí­fi­cos aca­bam entran­do em con­fron­to com os regis­tros bíbli­cos e eu sou um dos que vai ficar aguar­dan­do ansi­o­so para elu­ci­dar ques­tões como:

Das aves, estas abo­mi­na­reis; não se come­rão, serão abo­mi­na­ção: a águia, e o que­bran­tos­so, e o xofran­go, (…)
E a cego­nha, a gar­ça segun­do a sua espé­cie, e a pou­pa, e o mor­ce­go.

(Leví­ti­co 11: 13 e 19)

A ciên­cia diz que é mamí­fe­ro, a Bíblia diz que é ave…
O Cri­a­dor inven­tou toda a cri­a­ção segun­do Seu pró­prio padrão e enten­di­men­to, mas aí os cien­tis­tas apa­re­ce­ram para impor um padrão de clas­si­fi­ca­ção arbi­trá­rio e, de repen­te, pas­sa­ram a saber mais sobre as cri­a­tu­ras do que Ele?
Pas­sei anos cren­do na ciên­cia, mas mal pos­so espe­rar para saber o que expli­ca­ra o Pro­pri­e­tá­rio Cri­a­dor e, enfim… não há em lugar algum da Bíblia a pro­mes­sa de que a huma­ni­da­de vai se tor­nar melhor con­for­me avan­çar­mos no tem­po, pelo contrário:

E Deus não fará jus­ti­ça aos seus esco­lhi­dos, que cla­mam a ele de dia e de noi­te, ain­da que tar­dio para com eles?
Digo-vos que depres­sa lhes fará jus­ti­ça.
Quan­do porém vier o Filho do homem, por­ven­tu­ra acha­rá fé na terra?

(Lucas 18: 7–8)

Aqui quem escre­ve é o velho Teóphi­lo Notur­no e pros­si­go, sem­pre gra­tui­ta­men­te e con­tra todas as adver­si­da­des, ofe­re­cen­do O Pior Evan­ge­lho do Mun­do.
Sin­ce­ra­men­te espe­ro que esse tex­to tenha pro­mo­vi­do refle­xão e sido útil para sua edi­fi­ca­ção: sem­pre bus­co estri­ta e sóli­da base bíbli­ca, não sen­do vin­cu­la­do nem rece­ben­do fun­dos de nenhu­ma fran­quia de empre­sas ecle­siás­ti­cas ou empre­ja em par­ti­cu­lar.
O Senhor per­mi­tiu que a sur­dez me tocas­se em 2018 e, a des­pei­to de meus esfor­ços pes­so­ais, eu e minha famí­lia temos pas­sa­do por séri­as difi­cul­da­des finan­cei­ras, espe­ci­al­men­te des­de que minha mãe fale­ceu: por isso não me enver­go­nho de pedir seu auxí­lio não ape­nas para cus­te­ar domí­nio e hos­pe­da­gem, mas tal­vez até para con­se­guir suprir algu­mas neces­si­da­des coti­di­a­nas.
NÃO É SUA OBRIGAÇÃO me aju­dar, mas pode ter cer­te­za que sua doa­ção irá pro­por­ci­o­nar recur­sos e tem­po para me dedi­car a esse “minis­té­rio virtual”.

Dese­jan­do cola­bo­rar finan­cei­ra­men­te com qual­quer valor, minha cha­ve PIX prin­ci­pal é [email protected]​gmail.​com e essa ima­gem é do meu QR code: meu nome é Geo­va­ne Igná­cio de Sou­za, o tre­cho do CPF a apa­re­cer deve ser o “927.157″ e a ins­ti­tui­ção finan­cei­ra é o Nubank.

Por mais que quei­ra, des­ta­co que não tenho em mim mes­mo a menor capa­ci­da­de de for­çar o Pai a te aben­ço­ar por cau­sa dis­so, mas oro a Ele pedin­do para que, no tem­po cor­re­to e na medi­da mul­ti­pli­ca­da, retri­bua a bon­da­de rea­li­za­da da for­ma mais ade­qua­da: seja atra­vés de livra­men­tos ou de diver­sas bên­çãos possíveis.

Para­fra­se­an­do o após­to­lo Pau­lo em Efé­si­os 6: 23–24: que a gra­ça e a paz sejam conos­co, todos os que amam a nos­so Senhor Jesus Cris­to em sin­ce­ri­da­de, hoje e para todo o sempre!

Me dê uma curtida?
  • 2
    Sha­res
  • 2

Deixe uma resposta

Change Language To: Portuguese English

Creative Commons License
Except where otherwise noted, O Pior Evangelho Online by Teóphilo Noturno is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.