Skip to content Skip to footer

Corpo Humano

E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança;
e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra
E criou Deus o homem à sua imagem;
à imagem de Deus o criou;
homem e mulher os criou.

(Gênesis 1:26–27)

Como um texto tão sucinto pode conter informação sobre tantos e tão controversos assuntos?!

Após duas postagem introdutórias bastante amenas, acho que já posso começar a apresentar, de fato, o conteúdo pelo qual decidi retornar a escrever.
Você pode não estar pronto para isso, mas, se julga que está… prossiga lendo.

Apesar de me sentir tentado a tocar no vespeiro de que o sistema reprodutor é definitivo e inquestionável na determinação do sexo do indivíduo — a despeito de quaisquer destinos ou aplicações, imagináveis ou absurdos, que seu possuidor queira lhes dar… como a criatura humana não evoluiu (e pessoalmente sou levado a seriamente crer que degradou) só existem os mesmos dois “sabores” desde o início —, vou deixar esse tema para capítulos mais a frente e iniciar a presente abordagem com algumas considerações básicas, mas nunca desprezíveis.

  • Por ter sido criado ao fim do sexto dia, o número seis é geralmente vinculado à criatura humana. Já o número sete, dia em que se registra o descanso d’O Senhor, é um dentre tantos outros associados a Ele.
  • Existem recordes, mas em média um ser humano consegue sobreviver em torno de uma semana sem comer, quatro dias sem beber água e, crítico dos críticos, reles três minutos sem respirar!

E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra,
e soprou em suas narinas o fôlego da vida;
e o homem foi feito alma vivente.

(Gênesis 2:7)
  • Em tempos de capitalismo e direitos do consumidor, o corpo humano é um artigo sem nenhuma garantia, sem direito de troca e que, até com certa frequência, pode já ser entregue com uma diversidade quase incontável de falhas na fabricação, cabendo ao usuário de adaptar e aprender a utilizar da melhor forma, já que o manual “menos pior” está com…
  • A MEDICINA, através de seus registros, é, de fato, a maior fonte de conhecimento acerca da anatomia humana, porém nem mesmo ela detém o conhecimento absoluto do organismo, tendo recentemente que admitir a descoberta de novos órgãos como o INTERSTÍCIO, o MESENTÉRIO (ambos em 2018), os VASOS LINFÁTICOS CEREBRAIS (2016) e o LIGAMENTO ANTEROLATERAL (2013), entre outros.
  • O termo “VOLÊMICO” é relacionado à quantidade de sangue que circula pelo corpo e que, num humano adulto, é de aproximadamente 75 mililitros por quilo. Isso nos permite dizer que alguém com massa corpórea de 60Kg tem aproximadamente 4,5l de sangue.
  • Independente de estímulos externos e numa condição normal de saúde, esse volume de sangue circula por todo o corpo — exceto unhas, cabelos e córneas — num COMPASSO BINÁRIO, independente do TEMPO, que pode ser acelerado através de coisas como esforço físico ou situação nervosa.

Vamos chamar isso que relatei no último tópico da lista de “RITMO (OU FREQUÊNCIA) DE FUNCIONAMENTO” e é nele que o organismo inteiro, inclusive o cérebro, de justos ou de ímpios, naturalmente opera.

O CÉREBRO

Formado por dois tecidos — o córtex (de coloração cinza) e o núcleo (de coloração branca) — superpostos, o cérebro tem quatro lóbulos, dois hemisférios e consome mais de 20% do nosso oxigênio, mesmo pesando apenas 2% de nossa massa corporal!
Localizado dentro da caixa craniana, ele é o “computador central” de nosso corpo e faz parte do sistema nervoso, para onde convergem todas as informações que recebemos.
É o cérebro que comanda todas as nossas atividades e sentimentos, tais como os movimentos corporais, a memória e nossas emoções: se somos capazes de andar, falar e refletir isso se deve à atuação conjunta das diversas regiões do cérebro.

Ainda hoje existe o debate sobre a alma humana ter sua sede no cérebro, porém parece haver um consenso de que a vida se encerra diante do diagnóstico de “morte cerebral”.

Ganhador do Prêmio Nobel de Medicina em 1963 por seus estudos sobre as sinapses cerebrais, o australiano John Carew Eccles no capítulo IV de seu livro “Man, Freedom and Creativity” (Homem, Liberdade e Criatividade) fez a seguinte e seriíssima afirmação:

It would appear that it [the brain] is the sort of machine a “ghost” could operate, if by ghost we mean in the first place an “agent” whose action has escaped detection even by the most delicate physical instruments.
(Parece que [o cérebro] é o tipo de máquina que um “fantasma” poderia operar, se por fantasma entendermos em primeiro lugar um “agente” cuja ação escapou à detecção mesmo pelos mais delicados instrumentos físicos.)

Que tipo de “operação remota” seria essa?
Saiba mais em breve, quando falarmos sobre o “Estado Alterado de Consciência” aqui no blog.

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios,
nem se detém no caminho dos pecadores,
nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor,
e na sua lei medita de dia e de noite.

(Salmos 1:1–2)

Prometi postagens curtas e é assim que vou fazer, ainda mais que tenho de parar de pesquisar e escrever para ir enrolar as balas e doces que a esposa começou a vender para nos tirar dessa situação financeira complicada.

Desejando colaborar financeiramente com qualquer valor, minha chave PIX principal é [email protected] e essa imagem é do meu QR code: meu nome é Geovane Ignácio de Souza, o trecho do CPF a aparecer deve ser o “927.157” e a instituição financeira é o Nubank.

Por mais que queira, destaco que não tenho em mim mesmo a menor capacidade de forçar o Pai a te abençoar por causa disso, mas oro a Ele pedindo para que, no tempo correto e na medida multiplicada, retribua a bondade realizada da forma mais adequada: seja através de livramentos ou de diversas bênçãos possíveis.

Aqui quem escreve é o velho Teóphilo Noturno e prossigo, contra todas as adversidades, tentando alcançar — todas as terças e quintas pela noite — unidades desorientadas (e, quiçá, até as atualmente em poder do inimigo) através dos informes consolidados e atualizados que chamo d’O Pior Evangelho do Mundo.

Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios 6: 23-24: que a graça e a paz sejam conosco, todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade, hoje e para todo o sempre!

Se esse texto te edificou e fez refletir, por favor,
compartilhe e curta para alcançar mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

OUTROS TEXTOS DO MESMO AUTOR

Deixe uma resposta