Skip to content Skip to footer

A Hora Do Dragão

ANTES DE PROSSEGUIR, POR FAVOR, VEJA ESSA IMPORTANTE INFORMAÇÃO

OBRIGADO PELA ATENÇÃO. ABAIXO ESTÁ O CONTEÚDO QUE BUSCOU:

É natural que, diante de eventos cataclísmicos ou pandêmicos, seja concentrada uma expectativa escatológica ainda mais esquizofrênica do que nos “dias normais”, porém é preciso entender que Deus —que enviou inspiração para que homens registrassem profecias bastante específicas acerca do retorno de Cristo na Bíblia — não vai arriscar ser tomado por mentiroso ao “pular etapas” de sua promessa.
Veja a seguir que agora ainda não é o fim, mas tudo indica ser o momento em que o Dragão vai concentrar todo poder e autoridade que for possível.

QUE DRAGÃO É ESSE?

A revista científica progressista Superinteressante, a revista científica progressista, afirma não ser possível precisar quando o mito do dragão surgiu na China: estima-se que tenha sido há 8 mil anos.
Sua mais antiga representação foi descoberta em 1987, na província de Henan, ao sul de Pequim: era um dragão feito de conchas enterrado na mesma sepultura de um homem da cultura Yangshao, de cerca de 6 mil anos.
Outra escavação, na Mongólia Interior, ao norte da capital do país, encontrou um dragão de jade de mais de 5 mil anos. Seu corpo, enrolado como a de uma cobra, tinha a cabeça parecida com a de um porco.

Como, principalmente para quem é criacionista “raiz”, a idade do mundo não deve ir muito além dos 8 mil anos, basta cruzar essas informações acima com as que apresentei na última postagem para se permitir a desconfiança de que o dragão seja a potestade — espírito de alta hierarquia — que seguiu os povos que o Senhor espalhou — NUNCA FOI ESCOLHA DELES! — pelas regiões orientais da Terra.

Notem que esse dragão sobre o qual estamos falando, apesar de ser poderoso e haver assumido a mesma forma, é subordinado e distinto daquele que a Bíblia intitula como “o grande dragão”:

E foi precipitado o grande dragão,
a antiga serpente,
que se chama o Diabo e Satanás,
que engana todo o mundo;
foi precipitado na terra,
e os seus anjos foram precipitados com ele.

(Apocalipse 12:9)

É possível encontrar muitas curiosidade e “coincidências” — especialmente por meus queridos conspiracionistas — quando se começa a pesquisar e ler sobre o dragão: de questões numéricas à simbologia explícita, este foi um espírito que, desde o início da História, sequer teve preocupação em se antropomorfizar (assumir forma semelhante aos humanos).

TRECHOS DA WIKIPEDIA

O dragão chinês é uma criatura mitológica chinesa que aparece também em outras culturas orientais, e também conhecidos às vezes de dragão oriental. Descrito como longo, uma criatura semelhante a uma serpente de quatro garras, ao contrário do dragão ocidental que é quadrúpede e representado geralmente como mau, o dragão chinês tem sido por muito tempo um símbolo poderoso do poder auspicioso no folclore e na arte chineses.

Uma vista alternativa é que o dragão representou uma espécie de crocodilo — especificamente o Crocodylus porosus (imagem), um antigo e gigante crocodilo considerado uma variedade de dragão — conhecido por poder perceber com precisão mudanças na pressão de ar, e poder prever a vinda da chuva: esta pode ter sido a origem dos atributos mitológicos do dragão em controlar o tempo, especialmente a chuva.
Além disso, há evidências da adoração do crocodilo entre civilizações antigas como babilônicas, indianas, e maias.

na história de Zhou Chu, sobre a vida de um guerreiro da Dinastia Jin, dizem que matou um “dragão” que infestou as águas de sua vila, que parece ter sido um crocodilo.

Os dragões chineses controlam a água nas nações de agricultura irrigada. Este é o contraste com o dragão ocidental, que podem cuspir fogo para mostrar o seu poder mítico.
A princípio, o dragão era historicamente o símbolo do imperador da China, mas a partir da Dinastia Yuan os cidadãos comuns foram proibidos de se associar com o símbolo.
O dragão ressurgiu durante a Dinastia Qing e apareceu em bandeiras nacionais.
Além disso, o dragão tem uma conotação agressiva, militar que o governo chinês deseja evitar e, por isso, o panda gigante é de longe mais usado com mais frequência dentro de China como um emblema nacional do que o dragão.

Além de não conseguir visualizar razão para diferentes etnias em Babel, sempre tive dificuldades para entender certas características físicas extremamente peculiares na humanidade como, por exemplo, os olhos dos orientais: porque o Senhor teria escolhido especificamente pessoas com essa característica para alocar naquelas regiões?
Então, durante essa pesquisa, encontrei uma informação que pode até ser bobagem desprezível, mas, antes que leia o trecho transcrito abaixo, peço que olhe bem nos olhos da imagem do “dragão original” acima e lembre que os espíritos em rebelião já possuíam elevadíssimo conhecimento de genética e inseminação antes mesmo do dilúvio:

No fim de seu reino, o primeiro imperador, Qin Shi Huang diz-se que se imortalizou em um dragão que se assemelhava a seu emblema, e ascendeu aos céus: desde que os chineses consideram Qin Shi Huang como seu antepassado, muitos deles frequentemente usam o termo “descendentes do dragão” (龍的傳人) como um símbolo de identidade étnica.
Apesar desta lenda ter contribuído também para o uso do dragão chinês como um símbolo do poder imperial, esta tendência somente começou quando diferentes nacionalidades asiáticas procuravam símbolos animais para reapresentações na década de 70.

Por favor e APENAS SE ESTIVER ACOMPANHANDO A SÉRIE, responda nos comentários: poderiam eles estar assustadoramente corretos?
Por fim:

Dragão (long em chinês, yong ou ryong em coreano, e ryu em japonês) segundo a mitologia chinesa, foi um dos quatro animais sagrados convocados por Pan Ku (o deus criador) para participarem na criação do mundo.
Os dragões chineses são fortemente associados com água na opinião popular. Acreditam serem regentes das águas, tais como cachoeiras, rios, ou mares, e também como do espaço, Rayquaza. Podem aparecer enquanto a água jorra (tornado ou furação d’água). Esta habilidade como regente da água e do tempo, o dragão é mais semelhante ao homem na forma, descrito frequentemente como humanoide, vestido em traje de rei, mas com uma cabeça do dragão que usa ornato da realeza na cabeça.

Os antigos acreditavam ser o dragão um descendente dos céus, com poder para governar o cosmo em sua totalidade céu e terra e seu número de garras é determinante das tradições de onde eles são oriundos: dragões com cinco garras são chineses, com quatro são coreanos ou indonésios, com três, japoneses e os que carregam uma pérola numa das patas chamada de Yoku (元氣) pela antiga lenda chinesa – “dragão das águas marinhas”.

Os dragões de cinco garras simbolizam o poder e, na China, recebem o nome de dragões imperiais. Há séculos, inclusive, um decreto imperial proibia qualquer pessoa, à exceção do imperador, de utilizar túnicas com a representação do dragão de cinco garras. Os faltosos e suas tribos inteiras poderiam ser condenados à morte.
Representa a energia do fogo, que destrói mas permite o nascimento do novo (a transformação).

Ricardo Paiva: Bonsai – O Significado do Dragão

SERVINDO BEM PARA SERVIR… À BESTA!

Há muita informação (que não vou comentar) nesses dois últimos parágrafos e vou propor que as deixemos todas de lado, nos concentrando apenas nos fatores mais evidentes como o surpreendente crescimento da participação chinesa no comércio mundial a partir do final da década de 1970 — coincidentemente a mesma em que (como visto acima) reassumiu o dragão como sua identidade ancestral.
Lançando mão dos métodos disciplinares reminiscentes do regime vermelho, passou a vender todo tipo de produtos e insumos por valores que até forçaram uma reestruturação laboral em outros países, pois, às custas do sacrifício de seu próprio povo, pôde obter custos irrisórios com mão de obra.

Através disso tornou-se fundamental ao abastecimentos de indústrias tão diversas que vão da farmacêutica, passando pela têxtil, agropecuária e alcançando até a tecnológica, ou seja: o que você veste, come, trabalha e usa como remédio… de alguma forma passa pelas mãos da China!
Obviamente que, ao se dominar a produção, também se desenvolvem tecnologias exclusivas e que podem ser mantidas totalmente ocultas dos outros países.

Enfim, por trás do que poderia inicialmente ter aspecto de humilde servidão foi possível emergir um poder para o qual o mundo não estava preparado, mas que só a Bíblia, se lida de forma atenta e questionada de forma correta, poderia permitir a antecipação:

Então vi subir do mar uma besta que tinha dez chifres e sete cabeças,
e sobre os seus chifres dez diademas,
e sobre as suas cabeças nomes de blasfêmia.
E a besta que vi era semelhante ao leopardo,
e os seus pés como os de urso,
e a sua boca como a de leão;
e o dragão deu-lhe o seu poder e o seu trono e grande autoridade.
Também vi uma de suas cabeças como se fora ferida de morte,
mas a sua ferida mortal foi curada.
Toda a terra se maravilhou, seguindo a besta,
e adoraram o dragão, porque deu à besta a sua autoridade;
e adoraram a besta, dizendo:
Quem é semelhante à besta?
Quem poderá batalhar contra ela?

(Apocalipse 13:1-4)
  • De onde a besta sobe?
  • O dragão chinês está ligado à agua ou ao fogo?
  • Como o dragão poderia entregar a besta poder, trono e autoridade que, de fato, não possuísse?
  • Diante da pandemia, podemos incluir “contaminação viral” como “ferida de morte”?
  • Como “TODA A TERRA” vai se maravilhar se não for forçada a tomar conhecimento através da mídia?
  • Se todos os habitantes da terra vão SEGUIR a besta, será que também poderão curtir, reagir e assistir as stories e lives?
É necessário ao anticristo convencer os judeus de que é o Messias, portanto nenhum chinês está habilitado a esse título… apenas exercer o papel de concentrar o poder para transmiti-lo no momento adequado: sou levado a suspeitar que estamos vivendo a parte em que o dragão está, como nunca, concentrando grande poder e autoridade, preparando tudo para outorgar à besta que, por coincidência de termos, vai ser SEGUIDA por toda a terra.

Curiosamente, o dono da rede social onde se estimula a seguir pessoas e anda fazendo de tudo para moldar uma “verdade” progressista unilateral, já tendo, inclusive poder para banir a expressão do presidente ainda em exercício da (até então) maior nação do mundo e que dentro em pouco vai concentrar até as informações de nossas conversas e imagens veiculadas pelo WhatsApp tem sobrenome judeu: Zuckerberg!
Mas isso deve ser, novamente, apenas coincidência…

Fato mesmo é que só de postar comentários sobre a China no Instagram, outra rede da qual Zuckerberg é dono, imediatamente surgiu um elemento totalmente desconhecido para gritar coisas estúpidas, pedir referências sem sentido e proferir ofensas indiretas contra todos os, generalizando, crentes!

Como minha vida tem sido cercada de coincidências e coisas inexplicáveis, não fiquei muito assustado quando, mesmo após haver bloqueado o patrulheiro ideológico, ele ainda conseguiu remover o comentário da postagem!

Teria ele algum privilégio de “superusuário”?
E tendo, seria funcionário da própria rede social?
E sendo, por que estaria uma rede social remunerando ou premiando pessoas para patrulhar em defesa da China?
Será que a rede social recebeu transferências tecnológicas de lá?
E se recebeu, já podemos considerar isso como um tipo de transferência de poder?
Eu e essa minha mania de ficar pensando através de perguntas…

Menos de 8 horas após haver publicado tudo isto, me ocorreram este título e estas palavras:

É MISTER QUE O DRAGÃO DESTRONE A ÁGUIA!

Quanto ao resultado do conturbado processo dito democrático: é a hora do dragão!
Este momento estava profetizado na própria espada cortante que por tanto tempo preservou a águia, então nada poderá evitar ou defendê-la disso: a águia não poderia permanecer grande de novo, pois é o dragão quem está concentrando grande poder e autoridade.

Contente-se: ainda que por fraude, papéis manipulados matam menos que grandes explosões. Ao final, muitos perecerão, mas aproveite o tempo ganho para alcançar almas com a pregação a Palavra.
Destruir um trono implica em custos e tempo até a construção e estabelecimento de outro: havendo um é mais prático tomá-lo, mesmo que de forma suja, e depois o poder tornará fácil eliminar quem ousar sequer mencionar a conquista ilegítima.

O topete da águia pensava contar com um aparato nuclear, mas descobriu que as engrenagens de seus mecanismos foram criadas nas forjas mais econômicas do dragão: foi silenciado, humilhado e tornado em ridículo pintinho do qual zombam os povos… e há mais honra nisso do que em ser um rato.
Doravante o país das águias será dominado por ratos e porcos, que não passam de casas para legiões e comida de dragão.

É possível que se leve até uma geração para que o próximo passo profético seja dado e, apesar do Senhor poder permitir sua abreviação, talvez nos seja necessária adaptação para viver um tempo sob o regime do dragão.


O DRAGÃO E SEU PODER PODEM ASSUSTAR,
MAS SÃO APENAS UM DENTRE TANTOS SINAIS PROFETIZADOS.
QUER SABER OUTROS?

O TERMÔMETRO DO FIM

Há mais a dizer sobre as famosas técnicas marciais do dragão, capazes até de promover a alteração do estado natural de consciência, mas por hoje já conseguimos observar o bicho bem de perto: em breve pretendo publicar sobre outra potestade também extremamente bem sucedida, que veio crescendo desde pós-Babel até se tornar o “deus deste século”!

Peço perdão por não oferecer nada além de questões, mas seria terrível concluir que o progressismo se uniu ao comunismo para, conscientes disso ou não, promover o cumprimento profético registrado naquele livro preto que ambos tanto odeiam.

NÃO DEIXE DE LER

O EVANGELHO DO DRAGÃO

Sigo tentando observar o mundo sob uma perspectiva bíblica e, ansioso por ver o Senhor vindo logo nas nuvens, acabo tendo de lidar com coisas como um novo, involuntário e indesejável bruxismo noturno que já me quebrou dois dentes dos poucos que me restaram na boca: semana que vem vou ser atendido por um especialista e, se puder contar com sua colaboração, eu e minha família teremos a tranquilidade de que haverá alimento para mastigar após os procedimentos necessários.

Desejando colaborar financeiramente com qualquer valor, minha chave PIX principal é [email protected] e essa imagem é do meu QR code: meu nome é Geovane Ignácio de Souza, o trecho do CPF a aparecer deve ser o “927.157” e a instituição financeira é o Nubank.

Por mais que queira, destaco que não tenho em mim mesmo a menor capacidade de forçar o Pai a te abençoar por causa disso, mas oro a Ele pedindo para que, no tempo correto e na medida multiplicada, retribua a bondade realizada da forma mais adequada: seja através de livramentos ou de diversas bênçãos possíveis.

Obrigado por ter lido até aqui e, verdadeiramente, preciso de qualquer colaboração que puder me oferecer: comentários, compartilhamentos e reações ajudam a divulgar este conteúdo que foi produzido com intenção de colaborar para a edificação do Corpo de Cristo no mundo.
Um link encurtado e de fácil memorização para essa postagem é:

https://cutt.ly/horadodragao

Aqui quem escreve é o velho Teóphilo Noturno e prossigo, contra todas as adversidades, tentando alcançar — todas as terças e quintas pela noite — unidades desorientadas (e, quiçá, até as atualmente em poder do inimigo) através dos informes consolidados e atualizados que chamo d’O Pior Evangelho do Mundo.

Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios 6: 23-24: que a graça e a paz sejam conosco, todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade, hoje e para todo o sempre!

Ficou querendo ver melhor a imagem de abertura?

Por favor, curta e compartilhe
para alcançar mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

Notificação De Postagens Por E-mail

Em 04 de outubro de 2021 algumas das maiores redes sociais passaram horas desligadas.
Há rumores de que um “GRANDE APAGÃO” será sucedido por OPRESSIVO CONTROLE SOCIAL virtual.
Não posso prever o real impacto, mas, caso seja possível, continuarei estudando e publicando sobre as Escrituras: inscreva-se para, a partir da próxima, receber notificação em seu e-mail a cada nova publicação n’O Pior Evangelho.

(CASO NECESSÁRIO, OPORTUNAMENTE SERÁ ENVIADO CONTEÚDO INTEGRAL)

OUTROS TEXTOS DO MESMO AUTOR

Inscrição
Notificação de
guest
0 Comentários
Respostas inline
Ver todos os comentários

PESQUISAR

0
O que está achando? Por favor, comente!x