Skip to content Skip to footer

Espíritos em Rebelião

Densidade Demográfica Angelical

ANTES DE PROSSEGUIR, POR FAVOR, VEJA ESSA IMPORTANTE INFORMAÇÃO

OBRIGADO PELA ATENÇÃO. ABAIXO ESTÁ O CONTEÚDO QUE BUSCOU:

Há quem interprete os “dias” citados em Gênesis como sendo exatamente como os atuais, com 24 horas divididas entre manhã, tarde e noite: isso ressalta o quão grande é o poder do Senhor.
Há outros que enxergam a possibilidade de cada “dia” ser toda uma era, de até milhões de anos: isso ressaltaria a eternidade do Senhor.

Ambas as interpretações são possíveis e se encaixam no que já chamei de “conjunto verdade“: assuntos propositalmente deixados em aberto pelo próprio Senhor Deus, sem que uma interpretação torne a outra em heresia e cuja resposta definitiva é mera curiosidade que poderemos esclarecer ao longo da eternidade.

Pessoalmente não priorizo tanto esse tema porque estou aqui, diante dos problemas de meu tempo e não tenho como negar que, de uma forma ou de outra, tanto foi o Senhor que criou tudo isso, quanto será Ele que, daqui a pouco, vai por fim!

Se você for verificar o Salmo que alude à criação angelical que citei na postagem anterior, verá que as estrelas luzentes estão na mesma lista de tudo que foi produzido no quarto dia… e diante da passagem que apresento a seguir, talvez comece a, junto comigo, desconfiar que as estrelas possam não ser apenas coisinhas brilhantes no céu:

E viu-se outro sinal no céu;
e eis que era um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres,
e sobre as suas cabeças sete diademas.
E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu,
e lançou-as sobre a terra.

(Apocalipse 12:3-4a)

Ora, um terço do infinito… é infinito!
O fato é que enquanto a “assim chamada ciência” alega ser “infinito” o número de estrelas, nós podemos ter uma longínqua noção da densidade demográfica angelical através de uma passagem bastante esclarecedora:

E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono,
e dos animais,
e dos anciãos;
e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares.

(Apocalipse 5:11)

Não é um número infinito, tanto por terem sido criados todos de uma vez, quanto por não se reproduzirem entre si, mas se formos considerar que são apenas quatro animais somados a vinte e quatro anciãos… provavelmente chegaremos a uma população tão ou mais numerosa que a própria humanidade!

Na verdade, se a origem dos espíritos aconteceu no quarto dia, sua rebelião muito provavelmente se deu antes do sexto e está descrita, por incrível que pareça, perto do final da Bíblia:

E houve batalha no céu;
Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão,
e batalhavam o dragão e os seus anjos;
Mas não prevaleceram,
nem mais o seu lugar se achou nos céus.

(Apocalipse 12:7-8)

Diante de tanta manipulação para que o mundo seja em breve dominado pelas doutrinas vermelhas, muitos cristãos logo se apressam em correlacionar o “dragão” com a China, porém esse país certamente não existia na época dessa batalha… e isso nos permite descartar a possibilidade de que essa nação seja o dragão biblicamente mencionado, tendo, no máximo, associado tal figura mitológica à sua imagem como atestado de subordinação.
O que, por sinal, também é péssimo, já que a identidade dessa criatura está revelada:

E depois disto designou o Senhor ainda outros setenta,
e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir.
(…)
E voltaram os setenta com alegria, dizendo:
Senhor, pelo teu nome, até os demônios se nos sujeitam.
E disse-lhes:
Eu via Satanás, como raio, cair do céu.

(Lucas 10:1, 17 e18)

Sim, o Diabo foi o causador da rebelião, mas na próxima postagem vou destacar qual foi A Causa

E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão.
Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás,
e amarrou-o por mil anos.

(Apocalipse 20:1-2)

O dragão está mostrando os dentes, porém, cristãos, não está em nós o poder para adiar o cumprimento profético que dá sinais de estar se aproximando: descansemos no Senhor e nos alegremos por saber que muito em breve, logo após essa tribulação momentânea, Ele se revelará e resolverá tudo isso.

Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia n’Ele, e Ele tudo fará.
E Ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.
Descansa no SENHOR, e espera n’Ele;
não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho,
por causa do homem que executa astutos intentos.
Deixa a ira, e abandona o furor;
não te indignes de forma alguma para fazer o mal.
Porque os malfeitores serão desarraigados;
mas aqueles que esperam no SENHOR herdarão a terra.

(Salmos 37:5-9)

Hoje o texto será mais curto, pois tive um dia extremamente difícil, tenso por ter contraído mais um empréstimo para poder quitar as dívidas de remédios e alimentos que se acumularam durante o ano e, através disso, conseguir pôr alimento em casa… enquanto isso testemunhando que os Estados Unidos já estão grandemente dominados pelas doutrinas de espíritos satânicos e que isso logo terá consequências gravíssimas por todo o mundo…
Estou sentindo uma exaustão que vai além do cansaço físico e mental: é como se meu espírito estivesse perto de uma geladeira… ou de um precipício!

Aqui quem escreve é o velho Teóphilo Noturno e prossigo, contra todas as adversidades, tentando alcançar — todas as terças e quintas pela noite — unidades desorientadas (e, quiçá, até as atualmente em poder do inimigo) através dos informes consolidados e atualizados que chamo d’O Pior Evangelho do Mundo.

Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios 6: 23-24: que a graça e a paz sejam conosco, todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade, hoje e para todo o sempre!

Ficou querendo ver melhor a imagem de abertura?

Por favor, curta e compartilhe
para alcançar mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

Receba Avisos de Futuras Postagens em seu Email

OUTROS TEXTOS DO MESMO AUTOR

Leave a comment

PESQUISAR